Artistas se unem contra o Racismo em Nova Iguaçu

Durante a 7ª Conferência de Cultura de Nova Iguaçu, o ator e doutorando em educação pela UERJ, Marcos Serra, foi o personagem de um episódio que chocou toda a classe artística da cidade. O ator, negro, de dreadlocks, foi chamado de rato e favelado, pela funcionária da Subsecretaria dos Conselhos, Raissa Rocha, que também, por incrível que pareça, é vice-presidente do COMDEDINI – Conselho Municipal de Defesa do Direito do Negro, de Nova Iguaçu.

Marcos Serra organizou, junto com outros artistas e militantes da cidade, um ato contra o racismo, no paço da prefeitura da cidade. Cerca de 60 pessoas se reuniram pedindo uma retratação pública por parte da prefeitura e a exoneração da funcionária.

 

Sobre Hulle Brasil

Hulle Brasil é uma startap que potencializa artistas e trabalha com base em três pilares: TERRITÓRIO, ETNIA & GÊNERO. Aqui no Portal Enraizados, nossa equipe gera conteúdo a partir destes pilares.

Além disso, veja

Festival dos CRIAS: A juventude preta e periférica assumindo o controle do mês da consciência negra.

O “Festival dos CRIAS” é uma iniciativa do Instituto Enraizados que visa desenvolver um espaço …

01 comentário

  1. Marisa Gonzaga da Silva (Marisa do SEPE-Caxias

    Todo apoio ou professor ! A prefeitura devia ser retratar pedindo DESCULPA PUBLICAMENTE,Eu que TAMBÉM que a prefeitura devia ser PROCESSADA. Os representantes da PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVA IGUAÇU, não só foram preconceituosos e RACISTAS com o professor que fez a denuncia,esses representastes do PODER PÚBLICO também. foram preconceituosos com os MORADORES DE FAVELA que são cidadães e DEVERIAM TER OS MESMOS DIREITOS de quem mora no asfalto
    POR UMA SOCIEDADE DE DIREITOS!

    A Prefeitura de Nova Iguaçu de TODOS

Deixe um comentário

Paste your AdWords Remarketing code here