quarta-feira, 17 julho, 2024

Coluna

O desafio dos trabalhadores da arte na Baixada Fluminense no pós pandemia

Após um longo processo de descaso, a Baixada Fluminense toma fôlego e tenta se reestruturar apesar das sucessivas tentativas de desmonte do setor, capitaneado por várias frentes que enxergam a produção e disseminação cultural periférica como inimigas. Para complicar ainda mais a situação, a pandemia empoderou uma vertente anticultural inflamada, incendiando o discurso de ódio que só esperava a oportunidade …

Leia mais »

Maui: A jóia rara da Baixada fala sobre sua caminhada até aqui e sobre o show de lançamento do EP Rubi, de graça, em Caxias.

Vamos passar um final de semana em Parada Angélica? Parada Angélica é um bairro localizado no 3º distrito do município de Duque de Caxias, região metropolitana do Rio de Janeiro. E se você ainda não conhece, irá conhecer através de Maui, a Jóia Rara da Baixada Fluminense. Maui é um jovem, morador da Baixada, cantor e MC muito conhecido por …

Leia mais »

Como criar uma nova cena para o rap a partir das periferias? Uma nova cena para o rap ainda é possível nos dias de hoje?

Estas perguntas permeiam as novas e as antigas gerações do rap há anos. Desde quando eu comecei a fazer rap ouvia dizer que “esse ano é o ano do rap”. Normalmente algum grupo se destacava, com um estilo novo e diferenciado, e logo depois aparecia uma leva de MCs os imitando. Vi isso acontecer com SNJ, com o Sabotage e …

Leia mais »

BASED IN BXD: Um bailar de sensações agradáveis

BASED BXD

O ano de 2023 nem começou direito e já fomos “arrebatados” do chão com um ruído ensurdecedor, com um bater de pés que mais soam como o bater dos tambores ritmados diretamente de África. O grupo BASED IN BXD acaba de nos presentear com um novo vídeo e nele podemos ver, sentir, nos emocionar com a potência, leveza,  grandiosidade, força …

Leia mais »

Artista indePEDINTE

Artistas independentes são os indivíduos mais miseráveis que existem, antes fôssemos carentes de pão e não de atenção, pois é mais fácil conseguir trocados que ouvidos. Mendigamos um minuto de silêncio, alguns segundos de barulho, views, curtidas, mas o público só quer o que é midiático. Mas a dolorosa verdade é que, nós artistas independentes somos a cópia hipócrita desse …

Leia mais »

O papel do rap na sociedade brasileira

Desde a década de 80 no Brasil, o Hip-Hop, em especial o rap, vem tocando na tecla sobre violência policial e ausência de saneamento básico e segue sendo uma ferramenta importantíssima na organização da população que vive nas mais precarizadas situações de Norte ao Sul do país. Artistas e grupos como Racionais MC’s, Facção Central, MV Bill, Dina Di entre …

Leia mais »

Revolta dum largado

Intervenção militar é o caralho. O jovem preto de periferia já sofre intervenção da polícia na favela todo dia. É bico na porta. É tapa na orelha. É ameaça de droga na mochila e o moleque na cadeia. Mas é claro que isso pra você pra não passa de mimimi, sua cabeça deita tranquila no travesseiro sabendo que sua cor da pele …

Leia mais »

Para um mundo menos desigual, pessoas diferentes

Dudu de Morro Agudo (Texto alternativo)

No início de tudo, quando entrei pela primeira vez no site da UFF, para me informar sobre o Mestrado em Educação, não tinha certeza de nada. Inclusive tinha bastante dúvida, mas o que importava pra mim naquele momento era o percurso, a viagem, então somente viajei. As etapas foram experiências incríveis, desde a elaboração da proposta de pesquisa, a atualização …

Leia mais »

O rap está brigando ao invés de lutar

Enquanto tretas entre BK e Costa Gold crescem na rede, o Brasil e o hip hop descem ladeira abaixo.

Leia mais »

Autodestruição

De um lado, cento e trinta e seis policiais mortos em 2017. Do outro, é cada vez maior o número de autos de resistência, foram 102 em 2016, em 2017, antes mesmo do meado do ano esse número já ultrapassava 200. O que quero dizer com isso? Os policiais são do povo, pobres, que escolheram essa ocupação como meio de …

Leia mais »