Lançamento do livro de DMA é sucesso absoluto

Numa noite marcante para a história do protagonismo juvenil, Dudu de Morro Agudo se lança, oficialmente, no que chamamos de literatura marginal. Rapper há mais de 15 anos, DMA foi convidado no ano passado por Heloísa Buarque de Hollanda (Editora Aeroplano) para contar a história de sucesso do Movimento Enraizados.

Quinta-feira, 03 de Fevereiro de 2011, uma multidão, vinda de todas as partes, se reúne para prestigiar a primeira Mostra Cultural do Movimento Enraizados em 2011. Visto que, no mesmo evento, houve uma mesclagem de distintas manifestações artísticas, bem como música, poesia e literatura.

No entanto, é bem verdade que a arte criada e desenvolvida nos cantos e recantos, becos e vielas, ruas e avenidas da periferia, está demasiadamente interligada à uma imensa rede de troca de saberes. Saberes estes, passados para a nova geração, a exemplo do grupo de rap Enraizadinhos formado por meninos e meninas de 10 à 16 anos de idade que abriram o evento.

Em seguida, o microfone foi aberto e outra arte é apresentada: a poesia. Feita em verso e prosa, entoada por gente do próprio público que teve a oportunidade de compartilhar os seus sentimentos. Enquanto isso, crianças, jovens e adultos deliciavam-se com petiscos típicos da culinária do gueto.

A mídia estava presente e pôde registrar o ápice do festejo. DMA é anunciado e sobe ao palco para contar a história do garoto – ele mesmo – que nasceu em Morro Agudo, bairro de Nova Iguaçu, teve uma infância difícil, mas venceu.

Após enviar três cartas, há 11 anos atrás, para três rappers de outros estados brasileiros, o rapper fluminense conseguiu formar uma rede que hoje está presente em 18 estados brasileiros e 11 países nos cinco continentes. Dudu rompeu as barreiras geográficas e viajou por todo o país, América Latina e atravessou o Oceano Atlântico rumo à Europa, onde fez turnê com o lançamento do seu primeiro disco “Rolo Compressor”. E hoje é um agente cultural de sucesso.

Após falar sobre o livro, o protagonista da noite foi indagado por parte das pessoas presentes. Muitos perguntaram sobre os mais diversos temas ligados ao seu livro e sua carreira artística de maneira geral. Todos queriam saber mais, todavia, não foi possível atender a todas as perguntas.

Por fim, DMA fez um pocket show com músicas inéditas e sucessos do seu disco. Além de cantar pela primeira vez no Espaço Enraizados o single Licença Poética, do disco “Clube dos Cinco” gravado em conjunto com os rappers Léo Da XIII, Wilsom Neném, Àtomo e Petter MC. A mostra ainda contou com uma batalha de MCs e outras atrações que fecharam a noite enquanto o autor atendia as pessoas e escrevia dedicatórias em cada exemplar adquirido.

GALERIA

Mais fotos no site www.inraiz.com.br

Sobre @PetterMC

Rapper, jornalista, pesquisador e videomaker. Head na Agência #TudoNosso e tutor de projetos de comunicação na Agência de Redes para Juventude. Escreve sua coluna no #PortalEnraizados todas as quartas.

Além disso, veja

Um mês sem curtir, e aí?

Não mais gente mutilada. Não mais gatinhos sendo maltratados. Não mais acidentes fatais envolvendo motociclistas - o que me perturba muito!

10 comentários

  1. O melhor lançamento de livro do DMA que já fui. Parabens para todos nós..

  2. Brother D.M.A. PERDÃO POR NÃO TER PARTICIPADO DESTE MOMENTO TÃO IMPORTANTE.
    QUANDO VIRAR FILME ESTE LIVRO, EU VOU A PREMIERE.

    Obrigado por parte de nossa história estar ai neste seu recente projeto.

    Vaaaleu meirmão?

  3. Orgulhosamente apresentamos: “ENRAIZADOS: OS HÍBRIDOS GLOCAIS”. Foi maravil.hoso tudo, nem tenho como pontuar a melhor parte. Dudú meus PARABÉNS, o lançamemto do livro foi de suma importância para mim e creio que para tod@s aqueles que fazem parte da FAMÍLIA ENRAIZADOS. E nossa história não para por aqui.
    CONTINUA…

  4. Parabens a todos ….
    Principalmene a DMA, por unir toda essa galera …
    Esse livro e mais um paso, vai ter muito mas.
    Um abraço aos “Enraizados”.

  5. Eu nunca vii o Enraizados tão cheio assim foi mt loco véiii

  6. Obrigado por todos estarem comentando aqui, são todos verdadeiros irmãos e irmãs: Dumontt, Nenem, Lisa, Bruno e Diamante. Vocês são especiais e esse ano nós vamos botar pra quebrar.

  7. Parabens colega por mais uma vitoria voce merece. Elienio

  8. Tãmo junto sempre veio…
    Apesar de amarelo me sinto parte desse Quilombo,
    vamos mostrar que na perifa, se faz muito mais que dançar baile funk ( Pejorativo ).
    Atuantes e contundentes estamos destruindo barreiras.
    Até o próximo,mano.
    Abçs.

Deixe uma resposta para diamanteMc Cancelar resposta