O rap nas nuvens…

A galera da internet A-D-O-R-A rotular novos estilos musicais e classificar subgêneros, não que eu ache legal, ficar rotulando uma porrada de coisa, mas me ajuda na hora de pesquisar e conhecer novos artistas e novos sons. Há males que vem para o bem. Escolhi falar sobre um deles na minha coluna de hoje: O “Cloud Rap”. Juntei algumas informações da gringa traduzidas, além das minhas opiniões pessoais à respeito e vou indicar alguns artistas que eu gosto muito que vem se apropriando do gênero.

O termo Cloud Rap é usado para se referir à uma música rap onde suas batidas remetem à sonhos ou nuvens, literalmente. As batidas geralmente usam samples de voz onde são pronunciadas palavras, ou apenas harmonias vocais em notas mais longas. Na real, os instrumentais beiram o abstrato. Os produtores que atuam nesse estilo acabam tendo que fugir do padrão de samplear Jazz, Blues, Funk e Soul e passam à garimpar coisas que beiram o Indie passando pela música experimental e até mesma música ambiente, além de criar suas próprias trilhas com sintetizadores, é claro.

Um dos produtores que mais se destaca no estilo é o Clams Casino e o rapper Lil B foi o primeiro à entrar nessa vibe.

[yframe url=’https://www.youtube.com/watch?v=2pyops3UGr4′] Na real, nem sou tão fã do Lil B. E convenhamos que quem realmente fez sucesso com o subgênero foi o Sr. A$AP Rocky. Sua mixtape “Live, Love, A$AP”, lançada em 2012, veio recheada de beats do Clams Casino. O sucesso da mixtape foi tão grande que lhe rendeu um contrato milionário com a RCA num momento em que o mercado fonográfico vai mal das pernas.

[yframe url=’https://www.youtube.com/watch?v=r6I2Ek_j_Xc’] Dos E.U.A. pra Suécia

O Cloud Rap tá fazendo a cabeça da galera na Suécia. O cara do momento por lá é o Yung Lean e sua banca dos “Sadboys”. Um bando de moleque de 16 anos, mas que já tá fazendo música bacana. Os primeiros shows do cara na América aconteceram semana passada em Nova York e Los Angeles; e teve gente que não conseguiu entrar porque tava cheio.
O hit de Lean é “Yoshi City”, que tem beat produzido pelo Yung Gud, que já está despontando como um grande produtor no estilo, também.

[yframe url=’https://www.youtube.com/watch?v=iX1a3JngmpI’] Aproveitem a sexta pra ficar nas nuvens ouvindo as dicas musicais.
@marcaobaixada

Sobre Marcão Baixada

Rapper, compositor e produtor. Take Back the Mic’s Hip Hop World Champion (2015). Curador e host do projeto Hip Hop Conhecimento.

Além disso, veja

Brisa Flow leva show de lançamento do álbum “Selvagem Como o Vento” para Niterói

A cantora, rapper e multi-instrumentista Brisa Flow se apresenta pela primeira vez em Niterói. O …

2 comentários

  1. Eduardo Albuquerque

    Yung Lean – Ginseng Strip 2002 é muito foda!

Deixe um comentário

Paste your AdWords Remarketing code here