sábado, 24 fevereiro, 2024

Romance de Primavera: A Celebração Poética dos Jovens Artistas Periféricos

Na efervescência da arte periférica, surge “Romance de Primavera”, a mais recente obra musical do talentoso DJ Dorgo, aos 29 anos, acompanhado pela promissora cantora Aclor, de 19 anos. Esta composição não apenas marca a estreia artística de Aclor, mas também representa uma verdadeira declaração de amor à poesia.

O refrão envolvente, entoando: “De janeiro a janeiro em roda cultural, de março a março deságua o SLAM, toda primavera brota o sarau e cada abraço garante o amanhã”, oferece uma reflexão sobre a rotina dos artistas periféricos, que diariamente perseguem seus sonhos, investindo no apoio mútuo para assegurar mais um dia de sonhos.

O videoclipe, produzido durante o Sarau Poetas Compulsivos e a Batalha de Morreba, captura magistralmente a energia desses eventos impulsionados pela paixão dos participantes. Os sorrisos, os abraços e o clima de esperança presentes, prometem um amanhã promissor para esses jovens poetas sonhadores.

Aclor inicia a melodia com versos que exprimem a responsabilidade e os anseios: “Cheio de responsa pra fazer e eu aqui pensando em você, tendo que acordar cedo, eu mal consigo dormir. Tento botar pra fora tudo o que eu sinto, sendo que o que eu sinto te faz existir”.

Dorgo, inegavelmente, é um poeta sensível moldado pela necessidade de sobrevivência, corajoso por se permitir viver o sonho, tornando-se uma fonte de inspiração para outros jovens que seguem seus passos. Aclor, seguindo suas pegadas, está se consolidando como referência entre os poetas sonhadores, desafiando o sistema em busca da plena vivência da vida.

Para os crias de Morro Agudo, “Romance de Primavera” representa um acerto, reverberando no âmago de cada alma onde a poesia pulsa. Para os jovens espalhados por todo o Brasil, esta música é uma dose de coragem que desperta o poeta que reside em cada um de nós, convidando a abraçar os sonhos e a viver intensamente a paixão pela poesia.

FICHA TÉCNICA
Composição: Dorgo
Intérprete: Dorgo e @aclorbxd
Prod.: @igo.goi
Mix/Master: @ninjadanuvem
Vídeoclipe: @higordaotopshow e @contadajosy
Stylist: @maribaptist
Teaser: @contadajosy

Sobre Dudu de Morro Agudo

Rapper, educador popular, produtor cultural, escritor, mestre e doutorando em Educação (UFF). Dudu de Morro Agudo lançou os discos "Rolo Compressor" (2010) e "O Dever Me Chama" (2018); é autor do livro "Enraizados: Os Híbridos Glocais"; Diretor dos documentários "Mães do Hip Hop" (2010) e "O Custo da Oportunidade" (2017). Atualmente atua como diretor geral do Instituto Enraizados; CEO da Hulle Brasil; coordenador do Curso Popular Enraizados.

Deixe um comentário