segunda-feira, 29 maio, 2017
Inicio >> Principal >> Colunas >> A estória das pessoas: Marcão Baixada

A estória das pessoas: Marcão Baixada

Nosso colunista Cleber Gonçalves fez um verdadeiro bate-bola no estilo raio-x com o rapper Marcão Baixada, aquele que é considerado por muitos a grande revelação do rap carioca. Trocaram ideia sobre literatura, filmes e suas referências, de forma rápida e objetiva.

Confira!!!

Cleber Gonçalves: Visão atual

Marcão Baixada: Hoje eu vejo o Hip-Hop caminhando verdadeiramente pra se tornar um grande mercado, deixando de ser apenas um nicho; e defendo a ideia de que nós enquanto artistas, devemos estar cada vez mais preparados pra essa transição, para que a apropriação cultural não nos afete e acabe nos deixando de fora do mercado da nossa própria arte.

Leituras

Um dos livros que mais gosto é o “Enraizados: Os Híbridos Glocais”, do Dudu de Morro Agudo; e isso nem se dá ao fato de eu estar envolvido com o Instituto Enraizados, mas pelos detalhes, pela história de vida pessoal e profissional do Dudu. É muito legal saber a história da organização e ver o quanto foi trilhado pra ela ser o que é hoje.

Outro livro que indico é o “Behind The Beat” do Rafael Rashid, que é um livro de fotografias que mostra um pouco da rotina nos home studios de grandes produtores de Hip-Hop, como J Dilla, DJ Premier e Madlib.

Filmes

O audiovisual sempre for muito marcante na minha formação artística e tenho um fascínio muito grande por documentários, dos nacionais, destaco o “Palavra (En)cantada” da Helena Solberg, que narra a forte relação entre poesia e música. E tem 2 norte-americanos que curto muito, que são o “Style Wars”, que apesar de focar no Graffiti ele dá um panorama geral do surgimento da cultura Hip Hop na cidade de Nova York e o outro é um documentário mais recente, o “Fresh Dressed” do Sacha Jenkins, que mostra a evolução do Hip Hop através da moda.
Outro filme (de ficção) que indico é o “DOPE – Um deslize perigoso”, que eu considero um filme muito representativo pro atual momento que os jovens negros vivem com a ascensão econômica global das classes mais baixas e como o mundo desses jovens interage com a velocidade (absurda) em que absorvemos informação através da Internet.

Referência

Uma das (muitas) referências que tenho é o Kanye West, admiro muito seu processo criativo e a forma como ele está envolvido com a indústria como um todo, além de ser rapper é produtor, desenha uma linha de roupas e de certa forma fez/faz parte da evolução estética e sonora do Rap mundial nos últimos 10 anos.

Sonho

E acredito que tô no caminho do sonho, que é poder realmente viver da música que faço e torná-la cada vez acessível e presente na vida das pessoas.

SAIBA MAIS:
Ouça a nova música ‘Filho da Madrigada’:

Facebook: https://www.facebook.com/marcaobaixada
Soundcloud: https://soundcloud.com/marcaobaixada

Sobre Cleber Gonçalves

Cleber Gonçalves é geógrafo, professor no CIEP 172.

Além disso, veja

Luiz Coelho Medina --- Click By Ane Alves

A estória de Luiz Coelho Medina

Conheci Luiz Coelho Medina quando fui ao primeiro sarau de contos da minha vida. Nunca …

Deixe um comentário

Paste your AdWords Remarketing code here