quarta-feira, 24 julho, 2024
Buzo e DMA

A periferia em dose dupla dominando o Leblon

Missão dada é missão cumprida!!! A missão foi: – Mano, vamos lançar o nosso livro no Leblon?
Aceitei ao convite do meu irmão Alessandro Buzo e então começamos a trabalhar para que tudo desse certo. E deu muito certo.

Antes de tudo, às 17h do dia 17, passei na casa da Numa Ciro e da Silvia Ramos para pegar o Alessandro Buzo e sua esposa Marilda e levar para a livraria Argumento, no Leblon. Como sempre, nos perdemos e fomos parar na Barra da Tijuca. Apesar de o Buzo reclamar o tempo inteiro, essa viagem foi prazerosa, pois trocamos altas idéias.

DMA e Prof Leonel Azevedo (PUC)

Quando chegamos na livraria, encontrei o Rociclei, da UFRJ. Logo depois eu fui abordado por um cara que disse: – E aê Dudu, eu sou o Leonel, da PUC.
Pra quem não tá ligado(a), o professor Leonel é o cara que fez um artigo com o Movimento Enraizados nos chamando de Híbridos Glocais. Isso mesmo, ele é o cara que criou o termo que deu título ao livro.

Pouco tempo depois vários amigos foram chegando e enchendo a livraria e então eu e o Buzo fomos para o nosso posto, colocar as dedicatórias nos livros dos amigos.

Dudu de Morro Agudo e Alessandro Buzo em frente a Argumento

O Enraizados fez aquilo que sabe fazer de melhor, colocar as pessoas em contato. Por exemplo, apresentamos o Luck, do GBCR – Rocinha, para a Cleia, da Fase. A Camila Savóia, da Aeroplano, para o Dumontt. Porém chegou uma hora que pareceu novela, pois todos já se conheciam.

Foi lindo ver a livraria Argumento lotada. A galera se conhecendo, trocando idéia. A periferia dominou o Leblon em dose dupla… e que dupla.

GALERIA

Sobre Dudu de Morro Agudo

Rapper, educador popular, produtor cultural, escritor, mestre e doutorando em Educação (UFF). Dudu de Morro Agudo lançou os discos "Rolo Compressor" (2010) e "O Dever Me Chama" (2018); é autor do livro "Enraizados: Os Híbridos Glocais"; Diretor dos documentários "Mães do Hip Hop" (2010) e "O Custo da Oportunidade" (2017). Atualmente atua como diretor geral do Instituto Enraizados; CEO da Hulle Brasil; coordenador do Curso Popular Enraizados.

Além disso, veja

O papel da educação clandestina na formação Política

Este texto reflete sobre o conceito de "Educação Clandestina", destacando sua abordagem contrária ao ensino formal. Explora as lacunas do sistema educacional brasileiro, particularmente em relação à alfabetização e ao letramento nas escolas periféricas. Descreve como movimentos sociais reúnem conhecimentos diversos, ausentes das instituições formais, promovendo uma troca que desafia o status quo. Aponta a importância da conscientização política e da ação crítica na transformação da realidade. Destaca a educação clandestina como um processo contínuo de formação política, capaz de despertar indivíduos para a realidade e capacitá-los a questionar, refletir e agir em prol da mudança social.

8 comentários

  1. Não tenho nem muito pra escrever.
    Dudu de Morro Agudo e Buzo? Emocionante!!! Deus e mostra presente, Leblon, Baixada, SP.
    Por onde mais as fronteiras serão rompidas???
    Vou escrever mais o que?

    Periferia é o atalho por onde passam os verdadeiros reis.
    Jah Bless Us!

  2. Na moral,pela fotos vi que foi show!e positividade total de todos que estavam presente,Luz na caminha…,e é isso ae!Híbridos Globais susseço

  3. Parabéns aos irmãos Dudu e Buzu!
    Correria forte, Enraizados é fechamento puro!
    Tâmo junto,
    Fabio ACM

  4. Foi lindo!!
    Fico mega feliz por mais esta conquista da familia Enraizados!!!
    O livro do Dudu é ótimo, pois ele trata de uma forma bem simples de empreendedorismo jovem dentro da cultura Hip Hop.

    O livro do Buzo é louco, pois ali naquelas paginas esta descrita a mais pura essência da cultura Hip Hop… Todas as pesquisas sobre cultura hip hop no Brasil agora terão que começar por este livro aí…

  5. Parabéns pelo lançamento! Estamos aguardando em SP! = )

  6. Pô véio, tive que ficar com os moleque da Banca,
    Mas no próximo tô lá.
    ” Vamos invadir até que as mulhalhas cedam”.

    Samu 192

Deixe um comentário