quinta-feira, 30 maio, 2024

Até dizer chega: novo episódio da série DMÁtomo

[soundcloud params=”auto_play=false&show_comments=true&color=0ac4ff”]https://soundcloud.com/dm-tomo/ate-dizer-chega-tomo-e-dma[/soundcloud]

Chegamos ao quarto episódio da série e a cada novo capítulo parece que o negócio fica melhor. Desta vez os caras não brincaram, abriram o coração e saraivaram pra tudo que é lado. DMA é quem edita os vídeos e disse que tinha material para um episódio de mais de 30 minutos e muita coisa importante não entrou, mas o que foi selecionado ficou de primeira linha, pode apostar.

A música fala de… falar, falar e falar, até dizer chega. Não ter o rabo preso. Colocar a boca no trombone. E coisas do tipo.

Preparem-se, pois este episódio está polêêêêêêêêmico.

O que é DMÁtomo?
Os rappers DMA (Dudu de Morro Agudo) e Átomo, se uniram no mês de agosto para fazer um novo álbum em parceria. Eles decidiram escrever, produzir, gravar, mixar e masterizar todo o disco a partir do zero, e em apenas cinco dias. Se não bastasse tudo o que fizeram, ainda fazia parte do projeto pintar um quadro para servir de capa do disco. Como resultado nasceu o álbum “DMÁtomo — de 2ª à 6ª”.

SAIBA MAIS:
Baixe a música aqui: https://soundcloud.com/dm-tomo/thomaz…
Todos os episódios no site do Projeto DMÁtomo:http://enraizados.org.br/dmatomo

Curta a página do Movimento Enraizados:http://www.facebook.com/movimentoenra…
Curta a página do Dudu de Morro Agudo:http://www.facebook.com/fanpageDMA
Adicione o Átomo no facebook:http://www.facebook.com/atomo.usal

 

Sobre Instituto Enraizados

O Instituto Enraizados é uma organização de hip hop, nossa "rede" integra hoje 17 organizações que compartilham conhecimento, capacitação e articulação para militância cultural nas periferias dos grandes centros. Lutamos pelo acesso a produção, a expressão e a valorização das diferentes manifestações culturais, fortalecendo o ativismo cultural e o protagonismo juvenil. O hip hop, o audiovisual, as rádios comunitárias e a produção de mídias são elementos que formam e fortalecem a ajuda mútua dos jovens envolvidos.

Além disso, veja

De Jay-Z a Palmares: As histórias por trás do “Galo de Luta”

Paulo Roberto da Silva Lima, conhecido como "Galo de Luta", compartilha sua jornada desde a infância até se tornar um ativista e artista de rap. Inicialmente apelidado de "Sete Galo" devido à famosa moto CBX 750, sua vida foi marcada por desafios e confrontos com a realidade da periferia. Inspirado por figuras como Mano Brown e Malcolm X, Paulo encontrou no rap e na leitura uma maneira de expressar suas ideias e buscar uma transformação pessoal e social. Apesar das dificuldades, sua busca por identidade e consciência o levou a se tornar o "Galo de Luta", um símbolo de resistência e luta por justiça social.

Deixe um comentário