quarta-feira, 17 julho, 2024

Barbie brasileira, só pra me sacanear

Dia desses, liguei a televisão e vi uma reportagem sobre uma mulher que fez um caralhão [muitas] de intervensões plásticas para ficar parecida com a boneca Barbie. Isso mesmo, a doida quis ficar parecida com a irmã do Chuck.
Na moral, eu falei mal da mulher durante semanas, mas no final analisei e dei graças a Deus por essa louca não ser brasileira, pois achei que nas terras tupiniquins não teria gente louca o suficiente para fazer algo de tamanha imbecilidade.

🙁

– Aí nééééééé…

Hoje, saiu a notícia de que uma MULHER BRASILEIRA – só pode ser pra me sacanear, decidiu que agora vai ser a barbie brasileira. O pior é que ela é bem pior do que a gringa.

Confira aê:

Andressa Damiani (Brasileira)
Andressa Damiani (Brasileira)
Valeria Lukyanova (Russa)
Valeria Lukyanova (Russa)

Veja mais sobre esse assunto:
http://entretenimento.r7.com/programa-da-tarde/video/bonecas-geram-fascinacao-e-encantam-ate-adultos-515c82326b71009974fa95c6/

Sobre Dudu de Morro Agudo

Rapper, educador popular, produtor cultural, escritor, mestre e doutorando em Educação (UFF). Dudu de Morro Agudo lançou os discos "Rolo Compressor" (2010) e "O Dever Me Chama" (2018); é autor do livro "Enraizados: Os Híbridos Glocais"; Diretor dos documentários "Mães do Hip Hop" (2010) e "O Custo da Oportunidade" (2017). Atualmente atua como diretor geral do Instituto Enraizados; CEO da Hulle Brasil; coordenador do Curso Popular Enraizados.

Além disso, veja

O papel da educação clandestina na formação Política

Este texto reflete sobre o conceito de "Educação Clandestina", destacando sua abordagem contrária ao ensino formal. Explora as lacunas do sistema educacional brasileiro, particularmente em relação à alfabetização e ao letramento nas escolas periféricas. Descreve como movimentos sociais reúnem conhecimentos diversos, ausentes das instituições formais, promovendo uma troca que desafia o status quo. Aponta a importância da conscientização política e da ação crítica na transformação da realidade. Destaca a educação clandestina como um processo contínuo de formação política, capaz de despertar indivíduos para a realidade e capacitá-los a questionar, refletir e agir em prol da mudança social.

5 comentários

  1. A Andressa Damiane é famosa por seus vídeos no youtube, mas tipo…eu levei um baque quando a vi no programa se dizendo “Barbie”, pensei que ela adotou esse estilo mais por causa dos animes,mangás ou coisa do tipo…

  2. Não a Dê já falou que não quer ser a Mulher Barbie, e se ela tivese o proposito de ser a Mulher Barbie Brasileira não teria Piersings e não seria Emo. Então não inventa que isso é Mentira !

  3. Mas que escroto e infeliz esse teu post,puta merda.Andressa não é emo por favor. O nome do estilo em que ela se baseia é chamado “scene”.Ela não vive para ser barbie,nem nunca quis ser,como sempre a mídia é que vai inventando mentiras.Ela é universitária,bonita e educada.Antes de proliferar calúnias,favor saber do que está falando.

  4. A Dê só fez 1 plástica!!! E foi para tirar orelha de abano! Sim, essa foto tá péssima,mas ela não parece o Chuck. E a de baixo não é ela.

  5. E ela é brasileira sim pesquise: Andressa Damiani

Deixe um comentário