Emicida lança videoclipe com participação de Neymar

O rapper Emicida, muito conhecido por estar barulhando a indústria musical e levando o rap a uma posição jamais vista anteriormente, acabou de lançar seu novo videoclipe com participação de personalidades como o jogador Neymar e a cantora paraense Gaby Amarantos, mais conhecida como Beyoncé do Pará.

Na minha opinião quem roubou a cena não foi nem o Emicida, nem seu irmão Fioti, nem Gaby Amarantos e muito menos o grande Neymar, mas sim o Eiryo Okura, que pelo sobrenome nem preciso dizer quem é, mas o cara deu um show, até mesmo de interpretação.

Eiryo Okura

O videoclipe da música “Zica, vai lá”, lançado no domingo, a meia-noite, neste momento está com exatos 82.119 views, em menos de 72 horas depois, mas esse não é um grande número, se comparado a seu primeiro clipe, que hoje está com exatos 3.011.685 views, mas é um número absurdamente absurdo, se comparado ao meu videoclipe, da música Sacolinha, que dez meses depois encontra-se com exatos 4.370 views.

Com sinceridade, só tenho a agradecer o trabalho sério que o Emicida vem fazendo, creio que vem inspirando a muitas pessoas, acho que os mais profissionais estão se inspirando e os que gostam de falar estão tendo muito trabalho, pois a cada dia o maninho tá se superando.

Vejas os dois clipes abaixo (peguei carona):

[yframe url=’http://www.youtube.com/watch?v=oIofXdI1w5U’]

[yframe url=’http://www.youtube.com/watch?v=UVxdisA-fEU’]

Sobre Dudu de Morro Agudo

Rapper, escritor e empreendedor social. Um perito em transformar sonhos em realidade.

Além disso, veja

FML: As histórias do hip hop da Baixada Fluminense

Eu me chamo Fagner Medeiros de Lima, e no graffiti eu assino FML, porque na …

01 comentário

  1. Parabens pela iniciativa de elevar o rap a um nivel chamais visto. Parabens por mostrar e dar mais visibilidade ainda a outros manos que estão participando do clipe. Gosto mais das letras mais claras e menos emboladas como foi feita. De tão pausadas e emboladas pareceu que foram feitas em ingles. E sinceramente a cultura do MMA (conforme citada na musica, Anderson Silva) implantada no Brasil acho perigosa. Tomara Deus que nossa mulecadinha não fique sequelada como muitos boxeadores ja ficaram usando luvas. Criticas construitivas. Sou MC, mas sou ouvinte também.

Deixe um comentário