Participantes da reunião

Enraizados inicia conversa com “Governo do Estado” sobre “Plano Juventude Viva”

Ontem, dia 09 de abril de 2013, o rapper Dudu de Morro Agudo participou, representando o Movimento Enraizados, de uma reunião com instituições de Nova Iguaçu e Queimados, que atuam em áreas diversas, para apresentação do Plano Juventude Viva pela Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos, representada na ocasião pelo Superintendente de Juventude do Governo do Estado do Rio de Janeiro, Tiago Santana.

O plano Juventude Viva é fruto de uma intensa articulação interministerial para enfrentar a violência contra a juventude brasileira, especialmente os jovens negros, principais vítimas de homicídio no Brasil. No estado do Rio de Janeiro encontram-se 13 municípios, dos 132 mapeados pelo governo federal como os mais perigosos para um jovem negro viver, quatro destes municípios estão situados na região da Baixada Fluminense, estando Duque de Caxias e Nova Iguaçu no topo deste ranking macabro.

O Movimento Enraizados já começou a mapear a juventude iguaçuana e está preparando, com a ajuda de outras instituições, uma tecnologia social de fácil reaplicabilidade, que possa ser utilizada em outros municípios, gerando um relatório visual para auxiliar o poder público na hora de implantar políticas públicas para a juventude nas regiões com maior índices de violência e poucos equipamentos culturais.

[yframe url=’http://www.youtube.com/watch?v=ZLvC428hRv8′]

Mais informações:

Plano Juventude Viva
http://www.juventude.gov.br/juventudeviva/o-plano

Ranking dos municípios
http://www.juventude.gov.br/juventudeviva/o-plano/publico/Os132municipios.pdf

Sobre @enraizados

O Movimento Enraizados é uma organização de hip hop, nossa "rede" integra hoje 17 organizações que compartilham conhecimento, capacitação e articulação para militância cultural nas periferias dos grandes centros, marcadas pela exclusão social e pela falta de alternativas para os jovens, criado em meio ao fogo cruzado de policiais, milícias e bandidos. Lutamos pelo acesso a produção, à expressão e à valorização das diferentes manifestações culturais, fortalecendo o ativismo cultural e o protagonismo juvenil. O Hip Hop, o teatro, o audiovisual, as rádios comunitárias e a produção de mídias são elementos que formam e fortalecem a auto ajuda dos jovens envolvidos.

Além disso, veja

Terceiro disco Tim Maia Racional chega às plataformas de streaming

O terceiro disco da trilogia, gravado entre 1975 e 1976, ficam disponíveis nas plataformas digitais …

2 comentários

  1. Ao movimento enraizados, eu Dico me coloco a disposiçao para o que for possivel em ajudar

  2. Também tô no bonde para mapear os locais de maior vulnerabilidade para as juventudes negras da baixada.

Deixe um comentário

Paste your AdWords Remarketing code here