DMA, Gessica Justino, Léo da XIII e Tai Brum

Enraizados investe pesado em novo clipe de DMA e XIII

O Movimento Enraizados está investindo pesado na nova música dos rappers Dudu de Morro Agudo (DMA) e Léo da XIII, chamada “Final de Semana“. O interesse da organização por essa música em específico surgiu por causa da “pegada carioca do som”, que já caiu no gosto popular, prova disso são as centenas de acessos no soundcloud.

DMA e Léo da XIII já são antigos parceiros de composições, com mais de 20 músicas escritas em conjunto nos últimos anos, mas ambos acumulam talendos, atualmente Léo da XIII se aperfeiçoa em produção de beats e DMA estuda um novo modelo de negócios para o rap, criando diversos produtos a partir de singles.

DMA, Dumontt, Jackson Stylle e Felipe Gamadinho

Acreditando na força do audiovisual, o Movimento Enraizados estabeleceu mais uma parceria com a produtora francesa La Casa Locaque produziu o último clipe de DMA, chamado Sacolinha para produzir o videoclipe da música Final de Semana, que está em processo de gravação. “Foram alguns meses para chegarmos a um consenso sobre o roteiro”, diz DMA, pois o roteiro foi desenvolvido de forma coletiva, inclusive os locais das gravações, que vai dar uma beleza a parte ao video. A direção do videoclipe é de Bruno Thomassin, a produção de Samuca Azevedo, e além de DMA e Léo da XIII, também participam do videoclipe as modelos Géssica Justino e Tai Brum, além dos pagodeiros Jackson Styllo e Felipe Gamadinho, do grupo Styllo X.

Veja os Teasers

[yframe url=’http://www.youtube.com/watch?v=igbVz-JcGPk’]

[yframe url=’http://www.youtube.com/watch?v=kmAJrYZvvKE’]

Galeria de Fotos

BAIXE A MÚSICA DO VIDEOCLIPE AQUI: http://soundcloud.com/dududemorroagudo/final-de-semana-extended-dj

Sobre Instituto Enraizados

O Instituto Enraizados é uma organização de hip hop, nossa "rede" integra hoje 17 organizações que compartilham conhecimento, capacitação e articulação para militância cultural nas periferias dos grandes centros. Lutamos pelo acesso a produção, a expressão e a valorização das diferentes manifestações culturais, fortalecendo o ativismo cultural e o protagonismo juvenil. O hip hop, o audiovisual, as rádios comunitárias e a produção de mídias são elementos que formam e fortalecem a ajuda mútua dos jovens envolvidos.

Além disso, veja

Ciclo de Extensão “Territórios e culturas: diálogos dos povos e comunidades tradicionais com as periferias urbanas no RJ”

O Ciclo propõe um diálogo de saberes entre as práticas e experiências dos chamados povos …

6 comentários

  1. Esse videoclipe já tem a cara do Rio de Janeiro, essa é a pegada do hip hop nacional… BRASILEIRO!!

  2. A periferia não fica devendo nada a ninguém,esse vídeo é uma conquista de quem acredita em um ideal. ATROPELANDO A MEDIOCRIDADE!!!!

  3. Esse novo modelo de audio visual, já é uma conquista
    agora é só buscar o que precisamos

  4. [#SuperUltraHiperMegaPowerPlus] Não consigo achar nenhum nome que seja capaz / de expressar com exatidão o que o camicase Bruno Thomassin e seu bonde sagáz / do séquito do Esquadrão Zumbi do Enraizados / estão preparando com esses filés bem passados / (…) O bagulho é doido! A chapa vai ferver! / É nóix na fita / e os playba nos DVD

Deixe um comentário

Paste your AdWords Remarketing code here