Laritza Diversent
Laritza Diversent

Jornalistas cubanos visitam o Espaço Enraizados hoje

Hoje, dia de outubro, às 14h, o Movimento Enraizados receberá jornalistas os cubanos Odelín Afonso (Cubanet), Laritza Diversent (Jurisconsulto de Cuba) e Augusto Cesar Sant Martin (Centro de Informações de José Lezama Lima).

O objetivo da visita é, além de conhecerem o Espaço Enraizados, trocar uma ideia com a molecada da Escola de Hip Hop Enraizados na Arte.

Quem fez a articulação para a visita foi o DJ e jornalista Fábio ACM, que já fez turnê em Cuba com sua banda Antizona.

UM POUCO SOBRE ELES

Odelín Alfonso, é graduado em 1989 em Indústria Eletrônica, no antigo Centro Tecnológico Eduardo García Delgado. É colaborador do Cubanet e membro executivo da Associação Pro Liberdade de Imprensa de Havana (Asociacion Pro Libertad de Prensa en La Habana).

Laritza Diversent, é advogada, graduada em 2007, ano em que se iniciou a imprensa independente. O blog “Juriconsulto de Cuba”, fundado por ela, é dedicado a análise da realidade político-jurídica da Ilha. Também é fundadora da Associação Jurídica Cubana.

Augusto Cesar San Martin, nasceu em 20 de abril de 1967, na cidade de Havana. Ele foi captado pelo Ministério do Interior e estudou Ciências Penais no Instituto Hermanos Matínez, onde se graduou.
Devido a desentendimentos com os militares, pediu pra sair do Ministério, um pedido que foi negado por um ano. Naquela época, entrou em contato com a oposição pacífica e foi preso em 1994. Ele foi declarado prisioneiro de consciência em 1996, e em sua libertação da prisão trabalhou com a agência Cuba Press de 1997 a 1999. Em 2006, ele fundou o Centro de Informações de José Lezama Lima.

Sobre Dudu de Morro Agudo

Rapper, escritor e empreendedor social. Um perito em transformar sonhos em realidade.

Além disso, veja

FML: As histórias do hip hop da Baixada Fluminense

Eu me chamo Fagner Medeiros de Lima, e no graffiti eu assino FML, porque na …

01 comentário

  1. Conexão Cuba x Baixada Fluminense. Muito aprendizado possível nessa ponte.

Deixe uma resposta para Henrique Silveira Cancelar resposta