Publico observando a palestra

Minhas correrias me levaram até a UFF

No último dia 15, sexta-feira, fui palestrar na UFF, na mesa redonda “Comunidades, mídias e mediações: produção cultural, registro e uso de imagens em comunidades”, realizada durante o Seminário Patrimônio, Memória e Identidade Negra, do Pontão de Cultura do Jongo/Caxambu, que é um programa de pesquisa e extensão, desenvolvido na Universidade Federal Fluminense, voltado para a salvaguarda de um bem imaterial, o Jongo.

O convite partiu da minha camarada Mônica Sacramento, que é Coordenadora Executiva do Pontão de Cultura do Jongo/Caxambu, que tive o prazer de conhecer no ano passado, durante um encontro que o Minc organizou com coordenadores de Pontões de Cultura do Rio de Janeiro, e eu, como alguns sabem, sou coordenador do Pontão de Cultura Preto Ghóez Juventude Digital.

Renê Silva e DMA

Tive o prazer de conhecer pessoalmente o Rene Silva, do Portal Voz da Comunidade, pois ele estaria comigo e com o Prof. Dr. Luiz Augusto Rodrigues (Coordenador do Curso de Produção Cultural da Universidade Federal Fluminense (UFF)) na mesa. Marcão Baixada foi comigo, e lá encontramos o mano Luiz Alberto e minha camarada Helen, que me contou altas histórias legais e me convidou a fazer uma atividade na UFFRJ, no Campus de Seropédica, com as crianças do Enraizados na Arte.

Durante a palestra minha fala foi direta e reta, sobre o Movimento Enraizados, mais na parte institucional mesmo, creio que foi bastante motivadora, mas o Renê foi o cara que arrancou gargalhadas dos presentes quando palestrou sobre sua história, o moleque leva jeito pra coisa, a cada parte uma nova risada e a galera ficou desconsolada quando ele teve que ir embora antes de terminar a atividade.

Depois rolou um bate papo onde aprendi bastante com o Prof Luiz Augusto, gostaria de ter a honra de trocar idéia com ele novamente, sem contar na energia da galera que estava presente, com sede de conhecimento e muita vontade de fazer acontecer!!! É o jongo negrada!!!

Vamos que vamos, porque amanhã tem show do Enraizados na Cúpula do Povos, na Rio+20.

DMA e a galera que participou da atividade

GALERIA

 

Sobre Dudu de Morro Agudo

Rapper, escritor e empreendedor social. Um perito em transformar sonhos em realidade.

Além disso, veja

FML: As histórias do hip hop da Baixada Fluminense

Eu me chamo Fagner Medeiros de Lima, e no graffiti eu assino FML, porque na …

2 comentários

  1. Cara é isso, a história do povo guerreiro, contada pelos Rappers através das letras tem que invadir esses espaços simmmmmm!

Deixe um comentário

Paste your AdWords Remarketing code here