Por quem tu dobras os joelhos?

Eis que estamos mais uma vez prestes a iniciar mais um mundial da Fifa em Terras Brasilis, pois bem, apesar do sorriso amarelo (literalmente), a coisa parece que embarcou mesmo no cenário nacional.

As ruas da classe média estão enfeitadas, o comércio está escoando os materiais com as cores do evento, os restaurantes estão tendo que reservar lugar para os jogos, já vi na rua até um cachorro, coitado, pintado de verde e amarelo.

O exército tomando conta e mantendo a “ordem”, para a alegria dessa mesma classe média que tirava fotos perto dos caveirões, fazendo pose e postando nas redes sociais como se fosse a coisa mais normal do mundo, mas esses blindados estavam ali para reprimir as manifestações que agora em Junho completam 1 ano.

Bem, passado esse tempo, a hegemonia da Fifa se estabeleceu, as manifestações se esvaziaram e tudo parece seguir seu curso normal, pelo menos nas regiões onde a renda per capta é bem alta, porque fazendo um comparativo com nossa longínqua Baixada Fluminense parece que faltava aquela última gota d’água para fazer a represa transbordar, e nessa mesma região, tudo de ruim parece ter sido teletransportado para cá, na fronteira com o inferno onde todos os índices de violência deram um salto, a merda é que isso não aparece nos meios oficiais de comunicação.

Enquanto isso, nosso gestor, o prefeito de Nova Iguaçu, que mora na Barra da Tijuca, certamente estará assistindo as partidas em algum restaurante caro, curtindo com a nossa cara.

Uma pesquisa mostrou que 55% dos brasileiros são contra a realização da copa nas condições que foram feitas , não contra o esporte, isso demonstra que mais da metade da nação não quer festa, mais sim resolução de problemas básicos, porque temos cidades que parecem estar no século XV, só para ter uma ideia, aqui estão alguns números dos 10 principais gastos:

  1. Estádio do Mineirão: 678 milhões;
  2. Estádio Fonte Nova 689 milhões;
  3. Estádio Itaquerão 820 milhões;
  4. Estádio Maracanã 1,07 bilhões;
  5. Estádio Mané Garrincha 1,4 bilhões;
  6. Transcarioca 1,7 bilhões;
  7. Aeroporto de Brasília 1,10 bilhões;
  8. Aeroporto de Campinas 1,18 bilhões;
  9. Aeroporto de Guarulhos 2,1 bilhões;
  10. VLT Cuiabá 1,5 bilhões.

Façam as contas amigos, e ainda o Ministério do Turismo faz o papel ridículo de receber os gringos com tapete vermelho, adereços, fazendo a maior presepada. E essa é para quem vai ao estádio do Maraca ver as partidas, saiba que foi construída uma passarela exclusiva para os VIPS, que não precisarão se misturar ao povão, em qual categoria você se enquadra?

Mas muitos também não estão nem aí, o negócio é festejar e comemorar, e se o oponente se mostrar difícil, vale a pena até colocar os joelhos no chão e fazer uma prece pela vitória, né não?

Sobre Samuca Azevedo

Ator, estudante de marketing e gerente do Espaço Enraizados.

Além disso, veja

A cada dia eu admiro mais os “animais” !!

Passado a onda de revoltismo, da sofrência deslavada de quem não aceitou a derrota nas …

Deixe um comentário

Paste your AdWords Remarketing code here