terça-feira, 23 abril, 2024

A Distância: Poema de Marquinho (SP)

Como queria esta perto de ti
Para toca tua pele viaje no teu corpo
Sentir teus lábios tocarem o meu, e esquece todos os problemas
Que nos cerca nesse mundo atribulado.

Como queria me perde em teus braços e olha para você e ver o sorriso
Resplandece e nos teus olhos negros de jabuticaba ver o brilho de me
Querer.

Fecho os olhos para esta com você, mas quando abro meus olhos
Caio na real e vejo o quanto distancia nos impende de consuma nossos
Desejo.

Quantas noites em claro fiquei… Querendo ter você comigo, Mesmo sabendo
Que essa distancia nos machuca e nos maltrata nos impedindo dia após dia

Distancia que nos maltrata e que nos prova que o amor que sentimos um
Pelo outro e verdadeiro e muito forte.
E um dia após u outro me faz querer faze loucuras pra esta perto de ti.

Distância que me faz sonha e ti querer ao meu lado
Distância que fortifica meu amor por ti
Distância que me faz sonhar
Distância que prova para todo e para o mundo o quando nosso amor e
Verdadeiro.

Saiba mais sobre o Marquinho

Antonio Marco Pereira vulgo” Marquinho” filho de família nordestina veio para São paulo com os pais aos 8 de idade e ate os 14 ano morou na zona sul de são paulo, e hoje é morador da cidade de Guarulhos, especificamente do bairro Cidade Satélite Industrial, “Favela da São Judas”, aos 30 de idade Portador de Deficiência Física Cid-S78.

Cursando Técnico em Imobilização Ortopédica é também Web design e integrante do grupo N.L, no qual é compositor e vocal desde 2001.
Hoje afastado da musica e não deixando de lado a mesmo, está explorando um outro lado que é de escrever poemas, “algo que eu não pensou em por no papel ate um certo momento”

Contato:
Antonio_marco_pereira@live.com
marco_p@ig.com.br
Gruponossalaia@gmail.com

Sites
www.nossalaia.tk
www.myspace.com/nlprodu
www.twitter.com/nossa_laia

Sobre Instituto Enraizados

O Instituto Enraizados é uma organização de hip hop, nossa "rede" integra hoje 17 organizações que compartilham conhecimento, capacitação e articulação para militância cultural nas periferias dos grandes centros. Lutamos pelo acesso a produção, a expressão e a valorização das diferentes manifestações culturais, fortalecendo o ativismo cultural e o protagonismo juvenil. O hip hop, o audiovisual, as rádios comunitárias e a produção de mídias são elementos que formam e fortalecem a ajuda mútua dos jovens envolvidos.

Além disso, veja

GB Montsho: Reflexões sobre educação clandestina e formação política no RapLab

O texto apresenta a trajetória de Gabriel, também conhecido como GB Montsho, desde sua entrada no RapLab aos 15 anos de idade até os dias atuais, aos 23 anos. Morador de Nova Iguaçu e atualmente em Anchieta, GB é estudante de Letras na UFRRJ e ativo no movimento estudantil e movimento negro. Sua participação assídua no RapLab o tornou uma figura central na pesquisa do autor, destacando-se por sua contribuição e engajamento na cena do hip-hop. Através desta conversa, GB compartilha suas experiências, reflexões sobre temas como luta de classes, educação clandestina e a importância do RapLab como espaço de aprendizado e expressão.

01 comentário

  1. frases bunita palavras doces pensamento alem de um
    pema para ler e e refletie sobre as palavra que a distancia num é um obstaculo mas sim um motivo pra ta mais junto e unido… ta parabéns

Deixe um comentário