segunda-feira, 15 abril, 2024
Oficina de rap [enraizados]

Enraizados abre inscrições para curso gratuito de rap

Depois do sucesso da escola de hip hop Enraizados na Arte, da turnê Enraizados Dans L’art pela França e da grande aderência da juventude pela Banca de FreeStyle Enraizados, os rappers DMA (Dudu de Morro Agudo) e Léo da XIII se reuniram com Luiz Carlos Dumontt e decidiram então iniciar um novo curso de rap na instituição.

O objetivo do curso é trocar informações sobre a história mundial e nacional do rap, técnicas artísticas, gerenciamento de carreira, produção musical, mídias digitais e militância. A duração do curso é de 15 meses e o Movimento Enraizados vai acompanhar o desenvolvimento de cada participante.

O curso é gratuito e as vagas são limitadas. O curso terá dois turnos, manhã e tarde, e presencialmente uma vez na semana , mas a idéia é que todos os participantes interajam na web através de um grupo criado exclusivamente para este fim.

As aulas já começam na próxima semana, dia 12 de setembro.

SERVIÇO
Os(as) interessados(as) em participar devem comparecer ao Espaço Enraizados
Rua Thomaz Fonseca, 508, Morro Agudo, Nova Iguaçu, RJ
Documentos necessários (cópia):

  • RG e CPF;
  • Comprovante de residência.

Obs: Os menores de idade devem depois trazer autorização dos pais.
O curso é gratuito.
Mais infos: (21)2768-2207 ou (21)7854-8438
Email: enraizados@gmail.com

Sobre Instituto Enraizados

O Instituto Enraizados é uma organização de hip hop, nossa "rede" integra hoje 17 organizações que compartilham conhecimento, capacitação e articulação para militância cultural nas periferias dos grandes centros. Lutamos pelo acesso a produção, a expressão e a valorização das diferentes manifestações culturais, fortalecendo o ativismo cultural e o protagonismo juvenil. O hip hop, o audiovisual, as rádios comunitárias e a produção de mídias são elementos que formam e fortalecem a ajuda mútua dos jovens envolvidos.

Além disso, veja

GB Montsho: Reflexões sobre educação clandestina e formação política no RapLab

O texto apresenta a trajetória de Gabriel, também conhecido como GB Montsho, desde sua entrada no RapLab aos 15 anos de idade até os dias atuais, aos 23 anos. Morador de Nova Iguaçu e atualmente em Anchieta, GB é estudante de Letras na UFRRJ e ativo no movimento estudantil e movimento negro. Sua participação assídua no RapLab o tornou uma figura central na pesquisa do autor, destacando-se por sua contribuição e engajamento na cena do hip-hop. Através desta conversa, GB compartilha suas experiências, reflexões sobre temas como luta de classes, educação clandestina e a importância do RapLab como espaço de aprendizado e expressão.

Deixe um comentário