Na Locomotiva, com MC Loco

Ele integrou o Manuscritos, um dos grupos percussores do Rap gospel e underground no Rio de Janeiro. Juntamente com o grupo, lançaram o primeiro disco, que teve participação de Pregador Luo. Ele é um grande representante da cena do freestyle carioca,  e em Outubro de 2010, lançou sua Mixtape, intitulada LOCO-MOTIVA, que vem trazendo boa repercussão. Confira a entrevista com o MC Loco:

Marcão: Como foi seu envolvimento com o rap?
Loco: Como muitos que conheço, foi através dos Racionais MC´s. Abri minha mente pra um som que em suas letras, retratava o meu cotidiano. Finalmente conseguia me ver identificado com uma ideologia.

E o Manuscritos? Como foi sua integração ao grupo?
Fiz parte do Manuscritos durante 4 anos, e ele surgiu em minha vida através das rodas de rima da Lapa. Em uma delas, em que eu estava participando com meus versos, eles chegaram pra rimar e a partir daí, foi Deus falando comigo pra voltar a segui-lo, uma vez que tenho criação evangélica, mas me encontrava desviado dos caminhos dele. Passei a acompanhá-los nos ensaios, me comunicar por telefone até que surgiu o convite. Pensei durante uns dois meses, pelo peso da responsabilidade, mas já estava firme na fé e pronto pra batalha espiritual que viria a enfrentar.

Vocês foram percussores do rap gospel no RJ, em algum momento você ou o grupo se sentiram com uma grande responsabilidade?
Pra falar a verdade, o peso dessa responsabilidade, eu sinto até hoje. Fomos percussores no underground porque grupos que faziam rap gospel, já existiam, como o R.E.P., por exemplo. Mas esse “peso” fica leve quando se tem a exata noção do seu papel nessa história: Quem aceita Jesus como salvador de sua vida sabe que está em segundo plano quando canta. A meta é semear a palavra de Deus.

Qual foi a importância para o grupo de colocar o trampo na rua, ao lançar o CD?

Principalmente levar a palavra de Deus a mais pessoas, chegar onde não chegávamos antes.

O Disco teve participação do Pregador Luo. Como foi trabalhar junto com ele?
Gratificante é a melhor palavra. Quem convive com o Luciano por uma única oportunidade, percebe que o cara é de Deus mesmo, aprendi bastante.

Você tambem é um dos principais nomes no Freestyle no RJ, e viajou para outros lugares para participar de batalhas, como foi essa experiência?
Desde que fui pela primeira vez a festa Zoeira Hip-Hop na Lapa, determinei que queria fazer improviso. O controle e segurança que os MC’s da época tinham pra rimar, me impressionaram. Falo de gente como Don Negrone, Marechal, Aori, Slow, Shackal, Shawlin, dentre vários outros. Me dediquei, botei a cara a tapa (e no princípio doeu), mas fui aprendendo e me envolvendo cada vez mais. Á partir daí era uma consequência que eu participasse dos eventos, porque eu sempre estava nos mesmos. Participei de muitas batalhas, muitas mesmo. Existia um circuito de batalhas em que trabalhávamos semanalmente, muitas casas noturnas se renderam ao freestyle (o filme “8 Mile” ajudou bastante). Por conta disso viajei bastante á trabalho: Belo Horizonte, São Paulo, Floripa, Guarda do Embáu (SC), Vitória, Volta Redonda, Baixada Fluminense, Niterói, São Gonçalo, interior do RJ, Juiz de Fora, Porto Alegre, Curitiba, a lista é bem grande… Doze anos depois de ver esses caras pela primeira vez quebrando tudo nos versos, eu tô aqui, falando sobre freestyle pra vocês do Portal Enraizados.

Você lançou a “Minitape Pré-Locomotiva” e a “Mixtape LOCOMOTIVA”, como foi o processo de desenvolvimento desse projeto?
A minitape é composta de 5 faixas que ficaram de fora da mixtape Loco-Motiva, que tem 17. Ambas foram totalmente produzidas pelo Dino T-Rex (Rapress), mixagem, produção dos beats e master, no estúdio U.V.U. Trabalhamos durante alguns meses no processo, que se resume assim: Eu ia no estúdio numa semana, ouvia a batida que o Dino tinha feito, levava pra casa e voltava na semana seguinte com a letra, pra gravarmos. O resultado tá fazendo barulho e eu insisto que é muito mais que isso: Loco-Motiva é um disco de injeção de auto-estima, força de vontade e perseverança, num mundo cada vez mais competitivo. Um disco temático que simula estações necessárias pra se chegar a última delas, a estação Glória. Participam da minitape o Ducon e o T-Rex e da mixtape, o T-Rex, Coral Soul Adorador, Jeferson Rocha e Cláudio Carvalho, com produção executiva de Orlando Filho, direção de arte do Ribah (U-Flow) e fotografia de Rodrigo Porogo (Revista Pense Skate).

Confira o vídeo da canção “É Isso Mesmo”, do MC Loco:
[yframe url=’http://www.youtube.com/watch?v=qzfNvRkoaLE’] Pra você, como está o cenário do Rap no Rio de Janeiro?
Em evolução contínua. Há muito, eu vejo o rap do rio como o mais criativo do país, mas não tínhamos a visão de trabalho. Quando reconhecemos que é importante fazer nosso disco, procurar os DJ’s e locutores de rádios, investir em nossa imagem e etc., estamos valorizando nosso ofício e é exatamente o que não fazíamos. Pra muitos a coisa só funciona, se existir alguém que faça e diga: “E possível”. Pois essas pessoas foram lá e mostraram que é. E a novíssima geração já tá chegando com essa influência. Enxergo o rap do RJ sob uma perspectiva super positiva e só não citarei nomes de realizadores e destaques pra não ser injusto com alguém que eu me esqueça. Máximo respeito a todos que além de passar sua mensagem, empreendem e administram com o rap.


Quais são os próximos projetos? Já tem algo para 2011?
Sim temos sim. Deus me deu muita coisa nesses anos. Uma das mais importantes é a Família Alabastro Music, o selo de gravação que faço parte há alguns meses já. Toda a estrutura necessária pra trabalhar, eu tenho agora, me preocupo basicamente em compor e gravar. Isso pra quem fazia “setecentas” coisas ao mesmo tempo é um alívio, né? Assim sendo, o projeto que eu esperava lançar em 2012 já está super adiantado. Estou falando do meu primeiro disco solo oficial. Lançamos uma das faixas dele como single, a “É Isso Mesmo”, que está tendo uma repercussão muito boa junto com o vídeo da mesma. Pra esse ano ainda, com grandes participações, beatmakers renomados e a produção musical de Tiago Cabral (Alabastro Music), “Loucos Como Eu” (nome provisório) estará nas ruas, aguardem!


Loco, muito obrigado pela entrevista, gostaria que deixasse uma mensagem aos leitores do Portal…
Muito obrigado mesmo pelo espaço, espero que vocês tenham curtido a entrevista e que em breve eu esteja por aqui de novo respondendo mais perguntas. Peço a Deus que abençoe a vida de cada um de vocês e que vocês mantenham nele a esperança por melhores dias, acreditem em vocês mesmos e nunca desistam de seus ideais. Um agradecimento muito especial a minha família, minha noiva e a minha segunda casa, o selo Alabastro Music, toda a equipe: Tiago Cabral, meu produtor, Mari Alves, (assessoria e marketing), Laila Cabral (design), Márcio Xavier (audiovisual) além de todos os artistas do selo.

Sobre Marcão Baixada

Rapper, compositor e produtor. Take Back the Mic’s Hip Hop World Champion (2015). Curador e host do projeto Hip Hop Conhecimento.

Além disso, veja

Brisa Flow leva show de lançamento do álbum “Selvagem Como o Vento” para Niterói

A cantora, rapper e multi-instrumentista Brisa Flow se apresenta pela primeira vez em Niterói. O …

11 comentários

  1. Sempre ver meu parceiro Loco mostrando o trabalho dele!!

    SOMOS1 mlk!

  2. Um Grande Salve ao Portal Enraizados, pela divulgação do trabalho! Deus abençoe a essa equipe!

  3. esse mano é pureza total… o trampo dele é bom
    vai na fé guerreiro
    muita luz

  4. Muito boa a entervista !! Conheço pessoalmente o Mc.Locomotiva e posso dizer que seu trabalho é benção e e um testemunho para outros sempre levando o Reino e a obra de Deus em primeiro lugar.
    Parabens!!

  5. Muito bom o trampo do mano. A música do vídeo é muito “loca”!

    PAZ,

    @PetterMC

  6. Parabéns primeiramente a Marcão pela ótima entrevista e também a Loco querido irmão em CRISTO. Tenho acompanhado seus sons e vídeos, benção pura.
    CRISTO continue te abençoando.
    É nois na glória.
    PAZ de CRISTO!!!

  7. Então man o que dizer de um Homem de Deus que eu ví desenvolver seu talento.Além de meu filho na fé,uma pessoa de caráter irrevogável e conduta admirável ,esse cara é meu irmão espero que essa Locomotiva nunca pare de trazer o bem para as pessoas que precisam ouvir,crer e consolidar em seus corações.PARABÉNS LOCO…vc mereçe isso e muito mais.

    JAH BLESS YA!

  8. Jah conhecia o Pregador Luo, mas o Mc Loko naum me ligava! curti o som aew! Boa mat’eria Marcao! =D

  9. O Loco e Nós Sempre presente nas Rodas de Rima do Rio
    ( CCRP ) … Só fortalece …
    muita paz Pra vc irmão …

    É Nós por Nós …

    @johnnycmd

    http://www.myspace.com/pojetocugumelodub

  10. Tenho certeza que o que estamos vivendo é só o começo,
    Deus é fiel!
    É um prazer trabalhar contigo,estamos juntos irmão! bj bj
    Laila M. Cabral

Deixe um comentário

Paste your AdWords Remarketing code here