quinta-feira, 30 maio, 2024

Aberto edital do Itau Cultural

O programa Rumos Itaú Cultural está divulgando os seus editais de Artes Visuais, Educação, Cultura e Arte e Jornalismo Cultural. A seleção dos projetos será feita por comissões autônomas formadas por especialistas nas áreas contempladas e os resultados serão anunciados no segundo semestre de 2011.

Os contemplados com o Rumos Educação, Cultura e Arte terão suas produções difundidas em publicações impressas e/ou virtuais editadas pelo Itaú Cultural, e eles também receberão um kit com publicações, produtos audiovisuais produzidos pelo instituto e uma graninha considerável segundo consta no edital.

Já os selecionados na carteira Estudante do Rumos Jornalismo Cultural serão credenciados para participar do II Seminário Internacional de Crítica Literária, entre outras premiações. Mais informações: http://www.itaucultural.org.br/index.cfm?cd_pagina&91

Sobre Dudu de Morro Agudo

Rapper, educador popular, produtor cultural, escritor, mestre e doutorando em Educação (UFF). Dudu de Morro Agudo lançou os discos "Rolo Compressor" (2010) e "O Dever Me Chama" (2018); é autor do livro "Enraizados: Os Híbridos Glocais"; Diretor dos documentários "Mães do Hip Hop" (2010) e "O Custo da Oportunidade" (2017). Atualmente atua como diretor geral do Instituto Enraizados; CEO da Hulle Brasil; coordenador do Curso Popular Enraizados.

Além disso, veja

O papel da educação clandestina na formação Política

Este texto reflete sobre o conceito de "Educação Clandestina", destacando sua abordagem contrária ao ensino formal. Explora as lacunas do sistema educacional brasileiro, particularmente em relação à alfabetização e ao letramento nas escolas periféricas. Descreve como movimentos sociais reúnem conhecimentos diversos, ausentes das instituições formais, promovendo uma troca que desafia o status quo. Aponta a importância da conscientização política e da ação crítica na transformação da realidade. Destaca a educação clandestina como um processo contínuo de formação política, capaz de despertar indivíduos para a realidade e capacitá-los a questionar, refletir e agir em prol da mudança social.

Deixe um comentário