Últimas Notícias

Caleidoscópio: todos juntos pela Paz na Baixada Fluminense

Hoje é difícil de imaginar que o evento Caleidoscópio começou a partir de “UMA” ação e tomou toda essa proporção, explica Dudu de Morro Agudo, idealizador do projeto.

“A gente estava muito preocupado com a segurança na região, todos os dias chegavam notícias de que algum morador havia sido roubado ou morto no bairro. Até que um dia um de nós foi baleado. O jovem Jean Lima, mais conhecido como Babu, grafiteiro formado na escola de hip hop do Enraizados levou um tiro enquanto vinha da escola, às 19 horas. Foi a gota d’água”.

“Em cada ângulo que você olhar, você verá uma arte diferente”. DMA

Dudu conta que o Movimento Enraizados já tinha o costume de revitalizar a praça de Morro Agudo a cada dois anos, então decidiu fazer uma intervenção de graffiti na comunidade em homenagem ao jovem grafiteiro, para chamar a atenção, não só do poder público, mas também da sociedade civíl, para o grave problema relacionado à segurança, e a partir daí surgiu a campanha permanente #PazNaBF.

A primeira ação foi o videoeclipe colaborativo da pesada música “Dos Barões ao Extermínio”, que traz em sua letra áspera a visão do rapper sobre os problemas na região, e a imagem de jovens, artistas e militantes socioculturais, exibindo cartazes onde pedem a paz para a Baixada Fluminense.

Através do Curso de Segurança Pública na Baixada, realizado pela Casa Fluminense e pelo Fórum Grita Baixada, Dudu teve acesso à outras organizações como a Anistia Internacional e o Observatório de Favelas, com os quais falou sobre a campanha #PazNaBF e a homenagem que fariam. Os parceiros e diversos outros artistas da região compraram a ideia e decidiram engrossar o caldo, pois segundo eles, a causa era nobre e todos sofriam com o mesmo problema e precisavam dar visibilidade para essas regiões.

“Problemas semelhantes existem em regiões como a Zona Oeste, Norte e São Gonçalo”. DMA

Logo surgiu a ideia do conceito do evento, algo colaborativo, construído por diversos atores. Foi então que lembrou de quando era criança, quando seu pai fazia caleidoscópios pra ele. Os pequenos vidros dentro do tubo, quando separados eram apenas cacos, mas juntos formavam uma imagem incrivelmente linda e única.

Caleidoscópio

Caleidoscópio

Pois é, sabe aquele negócio em forma de tubo com vidrinhos coloridos em seu interior, que quando a gente olha lá dentro tem uma explosão de formas. Então, esse é o conceito do projeto. Pessoas diferentes com uma mesma ideia: transformar o mundo num lugar bem melhor.

Na prática vai funcionar da seguinte forma:
Imagine um tubo, onde de uma lado temos “10 da manhã” e do outro “10 da noite”. Dentro, um monte de vidros coloridos que podemos chamar aqui de “vocês”: artistas, parceiros e público em geral; que contribuirão com atividades culturais, campanhas, exposições e olhares, muitos olhares curiosos, durante todo o dia.

Caleidoscópio é um evento construído por diversas mãos, onde as pessoas se unem para criar algo novo, diferente e muito maior.
Sem ego inflado e sem nariz em pé, todo mundo do mesmo tamanho em prol de um bem maior: a VALORIZAÇÃO DA VIDA.

 PROGRAMAÇÃO

* 10:00 às 17:00 – Elaboração de painel de graffite no muro da Praça de Morro Agudo com os grafiteiros Babu, Breno Gonçalves, Dante, Irak, FML, KDO, Marcelo Melo, Léo da XIII, MV Hemp, Oxy, Kajaman, Anarkia, entre outros.
* 13:00 às 16:00 – Ensaio aberto de Break com CYPHER DE RUA: Organizado pelo DJ Tecnykko.
* 16:00 às 18:00 – Festival de Rap com pocket show dos grupos NRC, Bruno Guimba, DMT, Tavares, Cleiton Oliveira, Nyl, Bonde 2 Cria e #ComboIO.
* 18:00 às 19:00 – Discotecagem com DJs Marcão Baixada, Marcelinho MG e Juelz.
* 19:00 às 20:00 – Batalha dos 10 anos, em comemoração aos 10 anos da Banca de FreeStyle Enraizados:
WSO; Einstein NRC; Jamall Dubeco; (Convidado Surpresa).
* 20:00 às 22:00 – Sarauzeira
Sarau autogestionado, com shows de Marcelo Peregrino e Lisa Castro e participação de dezenas de poetas, de dezenas de saraus.

AÇÕES/INTERVENÇÕES
01) “Varal Marginal” com Entretere;
02) Oficina de “Malabares” com Luiz Herique;
03) “Exposição de Caleidoscópios” com: Antônio Feitoza e alunos do CIEP 172;
04) Gravação do documentário “Caleidoscópio” com Bruno Thomassin, da produtora La Casa Loca;
05) “Livraria Suburbano Na Estrada”, diretamente de São Paulo, com Alessandro Buzo;
06) “Varal de Fotografias” com o Ambulante Cultural MV Hemp.
07) Gravação para a série “Minha Rua”, do Canal Futura, com Leandro Firmino;
08) “Poesia de Segunda Pele” com Camila Senna;
09) “Poema Fiado”, com Victor Escobar;
10) Cisane com o projeto “Literatura Infantil”, com distribuição de Gibis para as crianças do bairro;
11) Contribuições de instituições parceiras com suas campanhas em favor da paz: Observatório de Favelas, Anistia Internacional, Com Causa e Casa Fluminense.

SERVIÇO
Onde: Praça de Morro Agudo
Esquina da Rua Angelo Gregório com a Thomaz Fonseca (Perto da Igreja Católica de São Francisco de Assis)
Quando: 23 de maio de 2015
Horário: A partir das 10 da manhã, até às 22 horas
Interessados em contribuir com ações/intervenções podem entrar em contato:
contato@hullebrasil.com.br / 21 965 630 554

Leia uma matéria relacionada ao evento no site da ENTRETERE: 
http://www.entretere.com.br/experiencia/tem-uma-galera-se-juntando-pra-fazer-o-caleidoscopio-no-dia-25

Sobre Hulle Brasil

Hulle Brasil é uma startap que potencializa artistas e trabalha com base em três pilares: TERRITÓRIO, ETNIA & GÊNERO. Aqui no Portal Enraizados, nossa equipe gera conteúdo a partir destes pilares.

Além disso, veja

Enraizados promoverá exposição fotográfica sobre Morro Agudo no próximo domingo (16)

O bairro Morro Agudo,em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, receberá no próximo domingo (16) uma …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Paste your AdWords Remarketing code here