Copa das Copas: A Invasão Sul-Americana

Nossos vizinhos dos países ao lado estão aqui, fazendo a festa; andando, cantarolando e tirando fotos pelas ruas.

Esse termo “Copa das Copas”, serve tambem pra se referir que nós, sul-americanos, nunca nos sentimos tão à vontade na torcida durante a competição; e talvez seus jogadores tambem não.

A supremacia europeia se quebra e as seleções sul-americanas estão mandando todos de ‘volta pra casa’. É isso mesmo! A América do Sul, com nações consideradas de ‘3° mundo’, está mostrando que apesar de todas as desigualdades sociais, inúmeros atletas conseguem se destacar no futebol, e executar um bom trabalho dentro de campo; e deixar todas essas seleções no chinelo.

Fica muito claro, que se investirmos na educação, na saúde, segurança pública e inúmeros outros setores da mesma forma que se investe no esporte, as nações desfavorecidas não serão mais vistas como símbolos de pobreza e desigualdade.

Essa é a reflexão de hoje, baseada nessa 1ª rodada da Copa do Mundo.

E antes que pensem em me questionar, gostar de futebol e torcer por sua seleção e acompanhar a competição, não quer dizer que você concorda com a corrupção e com os gastos excessivos que ocorreram para a realização da Copa.

@marcaobaixada

Sobre Marcão Baixada

Rapper, compositor e produtor. Take Back the Mic’s Hip Hop World Champion (2015). Curador e host do projeto Hip Hop Conhecimento.

Além disso, veja

Brisa Flow leva show de lançamento do álbum “Selvagem Como o Vento” para Niterói

A cantora, rapper e multi-instrumentista Brisa Flow se apresenta pela primeira vez em Niterói. O …

Deixe um comentário

Paste your AdWords Remarketing code here