quinta-feira, 13 junho, 2024

Filme de Alessandro Buzo ganha prêmio em Gramado

Alessandro Buzo é o tipo de mano polivalente, joga nas onze, que trabalha, se diverte, cria, harmoniza, reclama e ajuda, tudo isso ao mesmo tempo, talvez seja esse o segredo de ter tantos projetos dando frutos simultâneamente.

A última notícia que tivemos foi que seu filme, Profissão MC, foi premiado em Gramado. Segundo o próprio Buzo, “nem no mais otimista dos meus sonhos eu poderia imaginar que o filme “Profissão MC”, que a gente fez sem captar um único real, nas quebradas do Itaim Paulista, no Extremo da Zona Leste de São Paulo, chegaria a ser exibido em GRAMADO (RS)”.

Buzo foi, exibiu e saiu aplaudido e premiado com a “Menção Honrosa”, medalha galo alado, na quinta-feira, dia  11 de novembro de 2010, onde estavam também quatro, dos sete diretores do filme 5x Favela.

Saiba mais em: www.buzo.com.br

Sobre Dudu de Morro Agudo

Rapper, educador popular, produtor cultural, escritor, mestre e doutorando em Educação (UFF). Dudu de Morro Agudo lançou os discos "Rolo Compressor" (2010) e "O Dever Me Chama" (2018); é autor do livro "Enraizados: Os Híbridos Glocais"; Diretor dos documentários "Mães do Hip Hop" (2010) e "O Custo da Oportunidade" (2017). Atualmente atua como diretor geral do Instituto Enraizados; CEO da Hulle Brasil; coordenador do Curso Popular Enraizados.

Além disso, veja

O papel da educação clandestina na formação Política

Este texto reflete sobre o conceito de "Educação Clandestina", destacando sua abordagem contrária ao ensino formal. Explora as lacunas do sistema educacional brasileiro, particularmente em relação à alfabetização e ao letramento nas escolas periféricas. Descreve como movimentos sociais reúnem conhecimentos diversos, ausentes das instituições formais, promovendo uma troca que desafia o status quo. Aponta a importância da conscientização política e da ação crítica na transformação da realidade. Destaca a educação clandestina como um processo contínuo de formação política, capaz de despertar indivíduos para a realidade e capacitá-los a questionar, refletir e agir em prol da mudança social.

Deixe um comentário