Grafiteiros são torturados, espancados e humilhados no Rio de Janeiro

Seguranças de rua, que atuam na região do Saara, abordaram grafiteiros na madrugada quando os mesmos retornavam de uma pintura em Santa Tereza. Os seguranças os torturaram, espancaram e humilharam na rua, as cenas do vídeo são extremamente revoltantes como podem ser conferidas.

Os próprios seguranças compartilharam o vídeo pelo aplicativo WhatsApp e chegou ao telefone de um dos grafiteiros mais influentes do Rio de Janeiro, o Dante, que atua em todo o Estado e é uma das maiores referências da Baixada Fluminense.

A revolta tomou conta do grafiteiro, que recompartilhou o vídeo em seu perfil no youtube, em poucas horas o vídeo já tinha mais de 150 mil visualizações.

Dante publicou o seguinte texto em seu perfil:

“Então rapaziada do Graffiti RJ, não podemos nos calar com essa covardia, poderia ser eu ou você, infelizmente nossa arte virou moda, no sentido de pessoas influentes distorcerem o que é o graffiti, as pessoas acham que o bonito pra elas é o que deve ser o graffiti, e não conhecem toda a cultura, seja Tag, Bomber, WildStyle, Freestyle, Lamb Lamb ou 3D, ou se é ilegal ou legal, mas acima de tudo merecemos respeito. Isso não vai ficar impune, pois amanhã pode ser um morador de rua, um camelô ou uma pessoa de bem! Vamos invadir a Saara!  Covardia praticada por seguranças de rua”.

Logo depois, centenas de grafiteiros de todo o país começaram a se organizar para uma intervenção na Saara. Ao que tudo indica, pelo menos um dos grafiteiros mora em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.

Nos comentários no facebook algumas pessoas questionaram se os grafiteiros agredidos tinham autorização para a pintura, e a resposta foi automática: – “Mesmo que não tivessem, essa é a maneira de tratar uma pessoa?”.

As imagens são realmente muito fortes e revoltantes. Agora militantes do hip hop e dos direitos humanos estão também se organizando para conseguir advogados, identificar os agressores e levá-los a justiça.

No momento planejam uma ação pacífica no próximo domingo, próximo à Saara, num evento chamado GRAFITAÇO DA PAZ NO SAARA, já com cerca de 2.800 confirmados e mais 2.900 interessados. Contudo, grafiteiros mais experientes pretendem se reunir na sexta-feira para pensar melhor a ação.

Atualizado em 27 de janeiro, às 19:06

Sobre Hulle Brasil

Hulle Brasil é uma startap que potencializa artistas e trabalha com base em três pilares: TERRITÓRIO, ETNIA & GÊNERO. Aqui no Portal Enraizados, nossa equipe gera conteúdo a partir destes pilares.

Além disso, veja

MOSTRA PRETOS NA TELA: Por que resistir é necessário!

Com o desejo de promover, valorizar e dar visibilidade às obras audiovisuais protagonizadas por produtores, …

15 comentários

  1. Absurdo! Que a justiça seja feita e eu tenho dó dos filhos desses policiais miseráveis.

  2. Que chocante!!! Uma vergonha!

  3. galera ,isso é monstruoso mesmo se praticaram uma infração ,deveriam ser encaminhados para uma autoridade ,isso é linxchamento e falta de amor ao proximo ,aplausos ao dante ,vamos usar esse poder para expulsar esses cachorros da politica também

  4. Violência é injustificável de qualquer maneira, e se realmente eram grafiteiros e não pichadores é tão triste quanto.
    Eu realmente entenderia mesmo não concordando se fosse o dono de uma residência pichada, vítima, no calor do momento por ter seu patrimônio deturpado.
    Mas no caso, um crime não se combate cometendo outro.

  5. (A.C.N.B.) Arte & Cultura Nós da Baixada

    REFLEXÕES URBANAS
    Deixem os muros, rua e vielas falarem, eles tem muito oque dizer.
    Oque está no peito sufoca, está ancorado na garganta, esse gosto, esse gosto amargo, não é natural.
    Minha mente frita, minha boca murmura, eu existo!
    Estou aqui e quero me expor , porém dentro daquilo que eu gosto, amo
    e respeito.
    A arte é jito e é poesia, fala a verdade mano.
    A lata seca o pincel esboça e meu coração fica leve.
    O Grafite é Arte brother!

    Marcio Souza: REFLEXÕES URBANAS

  6. Esse é o Retrato do Brasil.

  7. Se fosse pixação seria de boa torturar e bater? Poderiam colocar “pixadores” são torturados, pois assim muitos tabus seriam quebrados…

  8. Bonito defender vândalo.
    Queria ver se fosse no muro da casa de algum de vocês.
    Pinturas, quando quer ver, vou ao museu.

    Parabéns aos seguranças!

    • Estavam fazendo grafitti que nada tem haver com pichação você precisa se informar melhor. Grafitti é arte inclusive existem grafiteiros que expõem internacionalmente e são formados em artes plásticas

    • Kamus, não querer injustiça e tortura não é defender vândalo.
      Que ódio é esse, amigo?
      Tenho impressão de que você não vai a Museu, galeria ou curte arte de verdade… Parece tão insensível em relação à vida.

      P.sTem uma pixação no meu portão, assinaturas de alguns vizinhos meus. E eu gostei, talvez pq eles tenham noção de simetria! 😉

  9. da até uma tristeza de ver esses comentarios mesmo sendo pixação ou graffite as pessoas não se importam, é um ser humano, num é um boneco, eles podiam até estar errado mais mesmo errado não merecem ser humilhado de tal forma, o dia que as pessoas começarem a se importa um com outros, brasil vai ser um pais melhor, existem puniçoes pra isso, é assim que cada dia mais as pessoas se revoltam com esse tipo de ato.

  10. Esses vermes pixadores não estão nem ai para a sociedade, não tem respeito e não merecem respeito.

  11. Esses seguranças de rua ou polícia, seja lá o que for, não sabem trabalhar em serviço, a sua abordagem não é corretiva e sim depreciativa, criando mais revolta do que respeito, sem contar que os grafiteiros não são pichadores; os grafiteiros trabalham com artes que lhes valem grande talento, mas ” as autoridades brasileiras” não sabem o que é arte porque nosso país não está acostumado com isso e sim com outra cultura que eu nem vou mencionar.Reparem que essas ” autoridades” no video falam girias de bandido, e que tem filhos pra sustentar, eu tenho as minhas dúvidas, coitadas dessas esposas.

Deixe um comentário

Paste your AdWords Remarketing code here