III Seminário Desenvolvimento, Trabalho e Cidadania

Desenvolvimento, Trabalho e Cidadania no Rio de Janeiro: As experiências da Baixada e do Sul Fluminense, tem como principais objetiso analisar as políticas de desenvolvimento regional e sua relação com o mundo do trabalho a partir das experiências da Baixada e do Sul Fluminense.
Trata-se de pensar as regiões como espaços sociais e históricos, com organizações políticas e identidades próprias, buscando nas particularidades regionais elementos que possam influenciar na construção de novos projetos de desenvolvimento e seus impactos sociais e conômicos.
Além de um seminário final com o tema: “Desenvolvimento, Trabalho e Cidadania no Estado do Rio de Janeiro.” a realizar-se em 2010, o projeto prevê também:
  • a elaboração de um survey com empresas, atores sociais e representantes do poder público focado nas particularidades do processo de desenvolvimento das duas regiões;
  • a organização de seminários temáticos das linhas de pesquisa que compõem o projeto;
  • a organização e disponibilização de bancos de dados e acervos históricos relevantes para a pesquisa sobre as duas regiões;
  • a produção de material para a divulgação dos resultados da pesquisa junto aos órgãos da administração pública e organizações da sociedade civil.
Auditório do Instituto Multidisciplinar – Campus Nova Iguaçu da UFRRJ


27 de abril de 2010

17:30 ás 18:00 – Mesa de abertura:
·         Ricardo Motta Miranda (Reitor da UFRRJ)


18:00
às 19:30 – Mesa -Redonda “Estado e desenvolvimento no Brasil contemporâneo”:
·         Antônio José Alves Júnior (UFRRJ/BNDES)
·         Cláudio Egler (UFRJ)
·         José Ricardo Ramalho (Coordenador Geral do Projeto “Desenvolvimento, Trabalho e Cidadania” – UFRJ)

28 de abril de 2010
16:00 às 18:00 –  Cidadania, diálogo social e desenvolvimento
Esther Bemerguy (Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social – Presidência da República)
Rogério Rocha (Subsecretário de Desenvolvimento de Nova Iguaçu)
Arthur Messias (prefeito de Mesquita)
D. Luciano Bergamin (Bispo de Nova Iguaçu)

18:15 às 20:00 – Cultura e desenvolvimento: experiências e potenciais da Baixada Fluminense
·         Dudu de Morro Agudo (Movimento Enraizados)
·         Valter Filé (UFRRJ)
·         Robinson Azeredo  (Jornal Correio da Lavoura)
Homenagem a Ney Alberto Gonçalves de Barros.

29 de abril de 2010

16:00 às 18:00 – Transformações na estrutura produtiva no mundo do trabalho: desafios e perspectivas
Adeílson Ribeiro Telles (CUT)
Padre Juarez Sampaio  (Diocese de Volta Redonda)
Carlos Erani (FIRJAN – Regional baixada)

18:15 às 20:00 – Repensando o tema do desenvolvimento econômico: a relação entre o loco-regional e o global
Lena Lavinas (UFRJ)
Georges Flexor  (UFRRJ)
Alexandre Fortes (UFRRJ)

Mais Informações:
Adrianno Oliveira Rodrigues.
www.twitter.com/profadrianno

Sobre @enraizados

O Movimento Enraizados é uma organização de hip hop, nossa "rede" integra hoje 17 organizações que compartilham conhecimento, capacitação e articulação para militância cultural nas periferias dos grandes centros, marcadas pela exclusão social e pela falta de alternativas para os jovens, criado em meio ao fogo cruzado de policiais, milícias e bandidos. Lutamos pelo acesso a produção, à expressão e à valorização das diferentes manifestações culturais, fortalecendo o ativismo cultural e o protagonismo juvenil. O Hip Hop, o teatro, o audiovisual, as rádios comunitárias e a produção de mídias são elementos que formam e fortalecem a auto ajuda dos jovens envolvidos.

Além disso, veja

Terceiro disco Tim Maia Racional chega às plataformas de streaming

O terceiro disco da trilogia, gravado entre 1975 e 1976, ficam disponíveis nas plataformas digitais …

Deixe um comentário

Paste your AdWords Remarketing code here