Inauguração da Casa da Cultura Hip Hop de Guarulhos e do Alto Tiete

A cidade Guarulhos e suas adjacentes, tem milhares de jovens e adultos, que fazem dos quatro elementos da cultura Hip Hop (DJ, Graffiti, MC e B. Boy) o seu estilo de vida. Um pedestal para se socializar, criticar e se divertir. É por esta necessidade de dar um auxilio e espaço para os praticantes da Cultura Hip Hop, que pessoas envolvidas diretamente com a cultura dos quatro elementos se reuniram e decidiram construir com as próprias mãos a Casa da Cultura Hip Hop de Guarulhos e Alto Tietê.

A Casa da Cultura Hip Hop de Guarulhos e Alto Tietê esta localizada na periferia de Guarulhos, no bairro Santa Edwiges próximo ao Aeroporto Internacional de Cumbica em uma área ocupada por famílias desde 1994, dentro do espaço da Associação de Apoio ao Social do bairro. Sua inauguração será no dia 16 de Março a partir das 14hs ate as 22hs.
Oficinas de DJ, Graffiti, MC e B. Boy, fotografia, video, produção, distribuição, gerenciamento, economia solidaria, associativismo, cooperativismo e teatro do oprimido serão ministradas por voluntários, que acreditam que o Hip Hop tem a capacidade de educar e dar uma perspectiva de vida de melhora aos jovens da periferia, e também, repassar o seu o conhecimento para aquele cidadao, que já pratica a essência dos elementos da Cultura Hip Hop mais não consegue evoluir por não ter alguém para ensina lo ou potencializar seus potenciais.

Será organizado pelos voluntários, uma grande festa de inauguração da Casa da Cultura Hip Hop de Guarulhos e do Alto Tiete para o publico e comunidade. Na festa de boas vindas, estarão presentes nomes conhecidos da Cultura Hip Hop e terá a cobertura de grandes veículos midiáticos como o Catraca Livre, Arrastão Cultural, jornais locais o militante/produtor cultural/escritor/repórter do SPTV Alessandro Buzo, entre tantos outros.

Outras atividades como: palestras, debates, cursos e apresentações também estão na pauta da Casa da Cultura Hip Hop de Guarulhos e Alto Tietê, que no seu inicio funcionara nas sextas á noite e sábados e domingos nos períodos manha e tarde. Estamos na fase final de efetivação da 1° Casa da Cultura Hip Hop de Guarulhos e do Alto Tiete e o espaço que conseguimos esta precisando muito de uma reforma e adequação, sendo assim precisamos de materiais de construção, tintas variadas, para grafitar o espaço, além do apoio logístico, divulgação e comunicação, sua ajuda é de extrema importância, inclusive temos representantes de Santana do Parnaíba, Arujá, Santa Isabel, Nazaré Paulista, Guarulhos e São Paulo que fecharam com a questão de montarmos um grupo de estudos em Economia Solidaria, os mesmos já tem um acumulado em suas localidades, mas estão a deriva ou querem ampliar o raio de ação desta outra forma de comercio, muito mais justo, solidário e educador.

Estamos lançando um empreendimento que vai sacudir a cidade, temos o apoio incondicional de grandes referencias das culturas na cidade e prevemos enormes desdobramentos em relação a esta ação. Também montamos um núcleo do MOVA na sede do MH2R e estamos dialogando forte com as secretarias de educação, saúde, trabalho e cultura, fomentando o dialogo e consequentes ações inter secretariais na pesperctiva de financiamentos e ou ligitimaçao de outras ações no espaço.

http://mh2revolucionario.blogspot.com.br/2013/01/casa-da-cultura-hip-hop-de-guarulhos-e.html

Sobre Instituto Enraizados

O Instituto Enraizados é uma organização de hip hop, nossa "rede" integra hoje 17 organizações que compartilham conhecimento, capacitação e articulação para militância cultural nas periferias dos grandes centros. Lutamos pelo acesso a produção, a expressão e a valorização das diferentes manifestações culturais, fortalecendo o ativismo cultural e o protagonismo juvenil. O hip hop, o audiovisual, as rádios comunitárias e a produção de mídias são elementos que formam e fortalecem a ajuda mútua dos jovens envolvidos.

Além disso, veja

Cidadania LGBT e o Respeito à Diversidade: Fundação Perseu Abramo abri inscrições para curso

Nestes tempos de retrocessos, preconceito e LGBTfobia, estudar sobre os direitos LGBT e nossas conquistas …

Deixe um comentário