sexta-feira, 23 junho, 2017
Inicio >> Principal >> Colunas >> O Polivalente Alessandro Buzo

O Polivalente Alessandro Buzo

Um dos principais representantes da literatura marginal no país. Autor de 7 livros, organizador do Sarau Suburbano, realizado em sua livraria, “Suburbano Convicto”, roteirista do Filme “Profissão MC”, que foi exibido dentro e fora do país, e foi premiado com a Medalha Galgo Alado, no Festival de Gramado. Apresentador do Quadro Suburbano Convicto, no programa “Manos e Minas”, da TV Cultura. Confira a entrevista com o polivalente Alessandro Buzo:

Como foi seu envolvimento com a literatura?
Alessandro Buzo: Com a literatura, deixei de ser apenas leitor e passei a ser escritor, quando lancei meu primeiro livro, 100% independente em dezembro de 2000. “O TREM – BASEADO EM FATOS REAIS” abriu as portas de um outro mundo na minha vida, novas perspectivas e oportunidades. Me orgulho de não ter deixado nenhuma delas passar batido e essa disposição de estar em vários lugares, fazendo várias coisas, está fazendo a diferença hoje.

E como surgiu a ideia do livro ?
Escrevi um texto chamado “Ferrovia Nua e Crua”. Muita gente leu no próprio trem que eu pegava todo dia pra ir trabalhar, eu mesmo distribui em xerox pra rapa. Depois começaram a dizer: – “Porque você não escreve o livro do trem?”
Escrevi e publiquei, mesmo não tendo referência e tendo que aprender tudo sozinho.

Você iniciou a edição do Fanzine “Boletim do Kaos”, qual a importância do fanzine?
Lancei (junto com meu primo Magu), o Zine Boletim do Kaos, em 2001, pra divulgar meu primeiro livro. Foram (em 5, 6 anos…151 edições); e depois em 2009, virou jornal. Como jornal foram 9 edições (mensal), 10 mil exemplares, com distribuição gratuita, fez um grande barulho, mas com fim do apoio que tínhamos, deixamos de circular, mas ainda estamos correndo atrás de novos parceiros.

Você promove o evento Favela Toma Conta, fale um pouco sobre o evento…
Um dos eventos de rua (gratuitos), mas importante do país. Porque foram 23 edições desde 2004, sempre na rua, de graça. Com grandes nomes do Rap Nacional… Só pra citar 10 deles: Realidade Cruel, Dexter, Trilha Sonora do Gueto, DMN, Dudu de Morro Agudo, Thaíde, Expressão Ativa, Ndee Naldinho, MC Marechal e Sandrão (RZO). Só pra citar dez.

Em 2011 você lançou “Hip-Hop – Dentro do Movimento”, pela coletânea Tramas Urbanas, que tem a curadoria da Heloísa Buarque de Holanda, como se deu o projeto?
Fui no Fórum Social Mundial em janeiro de 2010 em Canoas-RS, estava na mesma mesa da Heloisa Buarque, falei pra ela do meu projeto, ela relutou um pouco, mas depois viu que era um livro inédito e apoiou.

Você é um dos principais representates da literatura marginal no Brasil, como anda o gênero no país?
Vai muito bem, obrigado. Na verdade, está bombando a cena, dezenas de SARAUS só na cidade de São Paulo, vários livros sendo publicados, alguns por editoras, outros independentes e ainda com dinheiro do VAI (PMSP), PROAC (Gov. do Est. SP), enfim… Cada um do seu jeito, fazendo a diferença.
Pensavam que não sabíamos nem ler e estamos escrevendo nossos livros.

Como surgiu a ideia do Filme Profissão MC e como está sendo o retorno?
Eu tinha a idéia e passei um ano tentando convencer a DGT Filmes a entrar no projeto que não tinha captado nenhum real. Depois que o Toni Nogueira chegou e disse: – Eu e você vamos fazer esse filme. Passei a correr atrás do elenco e o filme ficou muito bom, sem nenhum dinheiro. O retorno é que faz mais de 1 ano que lançamos e o Profissão MC não para de ser exibido, em todo país. Ganhou a “Medalha Galgo Alado” no Festival de Gramado, chegou longe demais.

Na última Semana, o Sarau Suburbano, realizado na Livraria Suburbano Convicto, completou 1 ano, como foi a comemoração?
Uma noite mágica… Quem viveu ta ligado. O Sarau Suburbano tem uma trajetória meteórica em 1 ano, além de estar acontecendo 2 vezes por mês na Livraria Suburbano Convicto do Bixiga, participou de eventos como a Virada Cultural, Circuito SESC de Artes, SESC Na Rua, Feira do Livro de Canoas-RS. Tudo isso em 1 ano, foda.

Quais são os projetos para 2011?
Seguir fazendo o Sarau no Bixiga, duas vezes por mês. Lançar mais 2 livros: “Do Conto a Poesia” e “Pelas Periferias do Brasil – VOL 5”… Viabilizar “Profissão MC II”; Seguir apresentando o meu quadro no Programa Manos e Minas, da TV Cultura. Enfim… Já é coisa demais. Mas podem pintar outras coisas.

Buzo, muito obrigado pela entrevista, gostaria que deixasse uma mensagem aos leitores do Portal Enraizados.
Amigos, vamos ler. Conhecimento é poder.

Alessandro Buzo será uma das atrações da próxima edição do Mixtureba Enraizados, que acontecerá dia 23, no Espaço Cultural Sérgio Porto, que fica na Rua Humaitá, 163 – Humaitá Rio de Janeiro – RJ.

Saiba mais sobre seu trabalho:
http://www.buzo.com.br/
www.buzo10.blogspot.com
/
Twitter: @Alessandrobuzo

Sobre Marcão Baixada

Parafernália Hi-Tek.

Além disso, veja

Marcão Baixada encerra Festival Encuca Facha 2016

Rapper encerra 5ª edição do festival

9 comentários

  1. somos supeitos pra falar do tiu buzu né hehehe afinal mantemso presença no sarau e na livarai direto sumemu salve mano bate papo bacana com o o buzão salveee

  2. Cada um fazendo a diferença, um ótimo estimulante, um cara que estimula a boa leitura e sai do comum, trazendo as pessoas p/ mais perto dos livros!

  3. po mano bela entrevista com meu mano alessandro buzo perguntas inteligentes e pessoas que fazem a diferença esses dias mesmo tinha o japao viela 17 que respeito muito tambem parabens segue ai com essa inteligencia

  4. Marcao, que entrevista hein mano…q beleza!
    ae Buzo, muito respeito pelo trabalho, a Subuebano convicto sempre tem lançamento e participaçoes de rappers lançando o trabalho na sua livraria!
    e tenhho crtz q essa frase marcou a entrevista: “Pensavam que não sabíamos nem ler e estamos escrevendo nossos livros.”

  5. E além de escrever livros, estamos escrevendo nossa história.

  6. Obrigado pelo espaço família.
    Salve a todos comentários e elogios.
    Nóis q ta

    http://www.buzo.com.br

  7. Esse cara é muito louco. Admiro muito o seu trampo, Buzo. Sucesso sempre!

    Noiz….

    @PetterMC

  8. Passando por aqui para deixar um grande abraço ao meu querido amigo, que um dia marcou presença na minha caminhada.
    Abração meu irmãozinho.

  9. FEIRA DE PUBLICAÇÕES INDEPENDENTES.
    Estamos buscando autores do Rio de Janeiro interessados participar de uma Feira de Publicações Independentes no Palácio Universitário da UFRJ, onde os próprios poderão vender seus fanzines, revistas e livros em local reservado especialmente para isso. Por questões de espaço, será feito um cadastramento dos interessados, que deverão enviar mail para oadversario.romance@gmail.com, com seus dados (biografia, contato) e os dados da(s) publicação(ões).

Deixe um comentário

Paste your AdWords Remarketing code here