quinta-feira, 30 maio, 2024

Pêvirguladez convida Dudu de Morro Agudo e Rachid para show em Botafogo

O rapper carioca Pevirguladez recebe uma atração paulista na quinta edição da festa “P,10 Convida”, que acontece na Baixada e na Zona Sul. O MC Rashid, que recentemente lançou seu primeiro trabalho, intitulado “A Hora de Acordar”, apresentará as canções do EP pela primeira vez nos palcos cariocas.

Além dele, teremos também o rapper Dudu de Morro Agudo, referência por seu trabalho à frente do Enraizados, mostrará as canções do álbum Rolo Compressor, lançado em 2009. Na discotecagem, o renomado Dj Roger Flex, que comanda ao lado de MV Bill o programa A Voz Das Periferias na 94.1 Fm.

Antes, em Caxias, dia 16, rolam as apresentações da Família K’Ponne, K-Lot, Papo Reto e Mr. Ronney…
É desse jeito…
E aí, vai perder essa programação nota Dez?

Serviço:
P,10 Convida dia 17 de Junho – 18h30m
Rashid, Dudu de Morro Agudo e Dj Roger Flex
Áudio Rebel – Botafogo
Rua Visconde E Silva, 55 ( Continuação da Mena Barreto, próx. a Real Grandeza)

Entrada; R$6,00 Antec. R$8,00 na Hora
21-7586-0242

Sobre Instituto Enraizados

O Instituto Enraizados é uma organização de hip hop, nossa "rede" integra hoje 17 organizações que compartilham conhecimento, capacitação e articulação para militância cultural nas periferias dos grandes centros. Lutamos pelo acesso a produção, a expressão e a valorização das diferentes manifestações culturais, fortalecendo o ativismo cultural e o protagonismo juvenil. O hip hop, o audiovisual, as rádios comunitárias e a produção de mídias são elementos que formam e fortalecem a ajuda mútua dos jovens envolvidos.

Além disso, veja

De Jay-Z a Palmares: As histórias por trás do “Galo de Luta”

Paulo Roberto da Silva Lima, conhecido como "Galo de Luta", compartilha sua jornada desde a infância até se tornar um ativista e artista de rap. Inicialmente apelidado de "Sete Galo" devido à famosa moto CBX 750, sua vida foi marcada por desafios e confrontos com a realidade da periferia. Inspirado por figuras como Mano Brown e Malcolm X, Paulo encontrou no rap e na leitura uma maneira de expressar suas ideias e buscar uma transformação pessoal e social. Apesar das dificuldades, sua busca por identidade e consciência o levou a se tornar o "Galo de Luta", um símbolo de resistência e luta por justiça social.

Deixe um comentário