terça-feira, 28 maio, 2024

Pie: o app que permite gravar vídeos em 360 graus usando um SmartPhone

Os vídeos em 360 estão em alta, até a televisão está fazendo programas utilizando o formato. O ruim é que uma câmera que grava em 360 graus é muito caro (e não é todo mundo que quer ver sua vida sem graça em 360 graus), então porque investir?

Eu, particularmente, não tenho vontade de comprar um equipamento desses, mas gostaria de testá-lo.

Baseado nisso, a empresa Papero Inc, criou um app que permite fazer vídeos 360 interessantes sem uma câmera 360.

Na verdade é uma rede social que te permite gravar uma “fatia” de vídeo panorâmico das pessoas ao seu redor ao mover seu celular em um arco, a partir daí adicionar filtros e textos e compartilhar com seus seguidores. Sim, você também pode seguir outros usuários e ser seguido. E  o melhor, você pode salvar os vídeos no seu celular e compartilhar em outras redes sociais.

Eu ainda estou me acostumando com o aplicativo, ainda não estive num lugar legal, mas o pouquinho que fiz, ficou bem legal.

O ruim (ou não) é que o app só é compatível com iPhone, iPad, and iPod touch.

Download Pie

Sobre Dudu de Morro Agudo

Rapper, educador popular, produtor cultural, escritor, mestre e doutorando em Educação (UFF). Dudu de Morro Agudo lançou os discos "Rolo Compressor" (2010) e "O Dever Me Chama" (2018); é autor do livro "Enraizados: Os Híbridos Glocais"; Diretor dos documentários "Mães do Hip Hop" (2010) e "O Custo da Oportunidade" (2017). Atualmente atua como diretor geral do Instituto Enraizados; CEO da Hulle Brasil; coordenador do Curso Popular Enraizados.

Além disso, veja

O papel da educação clandestina na formação Política

Este texto reflete sobre o conceito de "Educação Clandestina", destacando sua abordagem contrária ao ensino formal. Explora as lacunas do sistema educacional brasileiro, particularmente em relação à alfabetização e ao letramento nas escolas periféricas. Descreve como movimentos sociais reúnem conhecimentos diversos, ausentes das instituições formais, promovendo uma troca que desafia o status quo. Aponta a importância da conscientização política e da ação crítica na transformação da realidade. Destaca a educação clandestina como um processo contínuo de formação política, capaz de despertar indivíduos para a realidade e capacitá-los a questionar, refletir e agir em prol da mudança social.

Deixe um comentário