Luiz Carlos Dumontt

Sobre a meRdicina brasileira: Que Venham os Médicos Estrangeiros by @lcdumontt

Como é que um médico, que nos atende em menos de 15 minutos, sem ao menos olhar pra nossa cara, que não nos toca como se ele fosse ser contaminado por nossa pobresa financeira e que escreve compulsivamente, cabisbaixo, fazendo “humrrum” enquanto tentamos explicar o nosso problema e como se não bastasse tanta idiotice junta, ainda por cima exige ser chamado de Doutor para que entendamos que ali quem manda é ele.

Essa mesma criatura que não quer se misturar com o povo, que não vai atender nos lugares mais pobres do brasil, que cobra uma fortuna por consulta nas cidades e muitas vezes nos mantém refém como se fossemos um prisioneiro dele, uma espécie de sub-raça que não sabe se curar sozinha.

Que trata a nossa doença como uma fonte de renda e que por isso nos submetem a tratamentos desumanos em hospitais públicos.

É prática comum em hospitais públicos, médicos maltratarem mulheres grávidas, cortando-as sem necessidade, falando absurdos pra ela do tipo: _Na hora de fazer, não foi bom? Agora aguenta! É assim mesmo, minha filha, doi mesmo! Eles fazem isso para impor um terror abominável nas parturientes, transformando o ato do nascimento em algo ruim e constrangedor para que da próxima vez ela pague por uma cirurgia. Isso mesmo, eles preferem uma cirurgia porque tem hora marcada, eles não precisarão sair de casa de madrugada para atender a um parto porque é muito demorado e barato, segundo eles. Um trabalho de parto pode durar horas ou até um dia inteiro. Enquanto que eles ganham 10 vezes mais se te cortarem, [uma cirurgia dura, no total, em média 2h] por isso vários deles marcam a cirurgia e alguns com uma antecedência criminosa, se você tem plano de saúde, eles marcam com a antecedência necessária para que o seu bebê ainda precise usar a UTI neonatal por mais alguns dias, afinal, custa uma fortuna a diária. Pra encobrir essa farça eles dizem que você não aguentará um parto natural, enfatiza a dor e chegam a dizer que você não terá abertura, que o seu bebê é grande demais pra passar na vagina etc, a lista de impropérios que eu colhi de várias mulheres é longa e absurda. A médica da minha esposa chegou a enfatizar pra ela que um dos benefícios da cesariana é que você chega sorrindo ao hospital e sai bonita, cheirosa e unha feita, falou horrores de mulheres que tentaram ter normal e na hora pediu a cirurgia [tenho náuseas só de lembrar]. A vida humana é, pra eles, a sua fonte de renda, é preciso maximizar os rendimentos, por isso eles usam o seu conhecimento sobre a medicina pra te reprimir e te deixar sem reação para fazerem o que for melhor [lê-se: mais lucrativo] para ele e para o hospital que te atende.

Quando você vai levar o seu filho ao médico brasileiro, eles te enfiam guela abaixo o leite em pó, pra você dar ao seu filho, porque eles ganham um lob das empresas de alimento, e te mandam comprar aquela marca que é mais caro, é claro, porque o trabalho tem que ser completo. Te faz acreditar no mito do leite, que o leite te dá cálcio durante a sua velhice, quando já se sabe que é mentira. [veja o vídeo do Dr. Lair Ribeiro sobre o mito do leite – encontrei um link que tem a palestra dele e de uma outra médica cirurgiã plástica Kátia Haranaka que fala da experiência dela com 22 mil pacientes tratados e mais algumas publicações sobre as relações entre o câncer e a ingestão de leite]

Conheço vários que abandonam os seus plantões nas UPAs da vida e só voltam pra bater o ponto, vão dormir e deixam os pacientes esperando por horas sem necessidade, que fazem conluio com políticos do mal e matadores pra rapinarem hospitais e priorizar atendimentos por indicação. Tem hospitais, que não vou citar o nome por motivo de segurança pessoal, que possuem uma rede de atendimento alternativo, onde quem tem indicação política passa na frente de uma fila, que me parece mais feita de propósito pra te obrigar a buscar o político da região. Chegam a marcar cirurgias hortopédicas urgentes com meses de antecedência. Eu conheço duas pessoas que precisaram e só conseguiram marcar com políticos da área.

Minha avó estava com um problema na perna, um médico cardiologista ficou comendo R$ 50,00 dela toda vez que ela ia se consultar, sem passar ela pra um especialista naquilo que ela realmente precisava (um cirurgião vascular) ela quase perdeu a perna por causa disso. Ele passava remédios e mais remédios sem resultado, mas não a encaminhou ao especialista da área.

Alguém já se perguntou por que os médicos brasileiros escrevem aqueles garranchos que temos dificuldade pra ler? É simples para que o cidadão comum se sinta constrangido de tentar ler e não entender, tendo que levar pra um farmaceutico traduzir o que está escrito, dessa forma ele tem um curto período de tempo pra decidir levar ou não o remédio, e muitos acabam levando mesmo sem precisar. Como pode alguém ficar 6 anos em uma faculdade e sair escrevendo daquele jeito? Ele não escrevia assim quando entrou, logo só pode ser proposital, e com certeza não é pro nosso bem, porque alguém iria querer esconder do seu paciente o que está prescrevendo?

Por último, eu quero citar o impropério dos médicos que acham que tem o domínio sobre a vida do brasileiro, eles não se inscrevem no programa do governo pra levarem médicos para o interior do Brasil, mas tentar barrar a vinda de estrangeiros pra cá. Faça-me um favor, chega de tanta palhaçada. Nem querem ir e nem querem que outros vão, o que eles querem então? Que as pessoas continuem morrendo por falta de atendimento?

Por essas e outras, que se eu contar ficarei aqui a noite inteira escrevendo sem parar, que dou razão a Antonin Artaud quando dizia que é quase impossível ser ao mesmo tempo médico e uma pessoa decente.

Como uma criatura dessas vem querer alguma consideração da nossa parte?!

A minha palavra final sobre os méRdicos e a meRdicina brasileira é uma só:

“Que venham os médicos estrangeiros!”

Sobre Dumontt

Produtor Cultural, Ator e Diretor de Teatro.

Além disso, veja

Governar pra quem?

No próximo domingo, dia 26/10/2014 haverá o maior acontecimento da história do planeta, é verdade, também haverá eleição, mas nesse caso eu falo do meu aniversário.

Deixe um comentário

Paste your AdWords Remarketing code here