quinta-feira, 30 maio, 2024

24 de maio – Lançamento do novo clipe do Léo da XIII, “Ana”

No dia 24 de maio, vai rolar no bairro da Cerâmica, em Nova Iguaçu, outra edição especial da Banca de Freestyle, são duas edições especiais no mesmo mês. Essa será para lançar o videoclipe da música mais bombada do rapper Léo da XIII, cujo o nome é Ana, e tem deixado muita Ana sorrindo a toa por aí, mas também será a comemoração do aniversário do mano.

No evento, além da exibição do videoclipe, também haverá pocket shows de Marcio Rc, eu (Dudu De Morro Agudo), Kall Fator Baixada, Petter MC, Marcão Baixada, MC CS, Banda Black Mix e do próprio Léo Da XIII.

Tá pensando que acabou? Nãnãninanão!!!
Ainda tem Roda de Break com New Iguaçu City Breakers e Convidados, Discotecagem com DJ Leonardo Ribeiro, exibição de outros videoclipes, Sarau de Poesia e duelo de MCs [Valendo Premio]. Ufa!!!!
Mas ainda tem apresentando do Single É Diferente, de Vianna Slim.

[yframe url=’http://www.youtube.com/watch?v=lbeJSCx7ZIg’]

Serviço:
Entrada
Homens (ou qualquer um do sexo masculino) 01 engradado de cerveja latinha ou latão, pode ser de qualquer marca, mas não apela.
Mulheres 01 refrigerante 2 litros ou uma garrafa de vinho. Use a consciência também, não vale levar uma garrafa de refrigerante e encher a cara de cerveja.

Obs: Os que levarem o que foi pedido receber;a um ticket de passe livre, os que não levarem compram na hora.

Salão De Festa Recanto da Alegria
Endereço: Rua Leão XIII, 119, Cerâmica, Nova Iguaçu, RJ.

Sobre Dudu de Morro Agudo

Rapper, educador popular, produtor cultural, escritor, mestre e doutorando em Educação (UFF). Dudu de Morro Agudo lançou os discos "Rolo Compressor" (2010) e "O Dever Me Chama" (2018); é autor do livro "Enraizados: Os Híbridos Glocais"; Diretor dos documentários "Mães do Hip Hop" (2010) e "O Custo da Oportunidade" (2017). Atualmente atua como diretor geral do Instituto Enraizados; CEO da Hulle Brasil; coordenador do Curso Popular Enraizados.

Além disso, veja

O papel da educação clandestina na formação Política

Este texto reflete sobre o conceito de "Educação Clandestina", destacando sua abordagem contrária ao ensino formal. Explora as lacunas do sistema educacional brasileiro, particularmente em relação à alfabetização e ao letramento nas escolas periféricas. Descreve como movimentos sociais reúnem conhecimentos diversos, ausentes das instituições formais, promovendo uma troca que desafia o status quo. Aponta a importância da conscientização política e da ação crítica na transformação da realidade. Destaca a educação clandestina como um processo contínuo de formação política, capaz de despertar indivíduos para a realidade e capacitá-los a questionar, refletir e agir em prol da mudança social.

3 comentários

  1. Tu é foda, nego
    Tamo junto vou divulgar pra ficar daquele Jeito

  2. \o/ aii irmãoo to feliz por tii,, puts a pena é q eu ñ estou aii para cola nesse evento ..

Deixe um comentário