Porque o Cert, da ConeCrew Diretoria, foi preso?

Uma notícia movimentou o movimento hip hop nos últimos dias.

André Da Cruz Teixeira Leite (28), o Cert, um dos integrantes do grupo ConeCrew Diretoria,  conhecida por apoiar e falar abertamente sobre maconha em suas letras, foi enquadrado no artigo 33 “cultivo para outros fins que não o consumo pessoal”, considerado como tráfico de drogas, por cultivar pés de maconha em sua casa, em Miguel Pereira.

A denuncia partiu de sua sogra, segundo alguns relatos foi até a delegacia após uma discussão familiar e uma possível agressão à sua filha.

Uma série de fatores estranhos aconteceram para que o rapper fosse preso. Segundo o laudo da perícia, foi encontrado cerca de 1,6 kg de substância entorpecente em quatro pés de maconha, contudo até agora não explicaram como foi feita a pesagem, alguns acreditam que consideram o vaso e a terra para chegarem a esse número.

Outro argumento utilizado pelos policiais que atuaram no caso é que o rapper foi preso primeiramente por desacato, após ficar alterado e desrespeitar os policiais. A esposa de Cert não quis denunciá-lo por agressão, mas a sua sogra mostrou fotos de sua plantação e a partir daí a polícia retornou à casa e deu voz de prisão ao rapper.

Esse não é o primeiro caso de pessoas que cultivam erva em casa, para consumo próprio, serem presos por tráfico de drogas.

O caso de Cert chamou a atenção do deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ), que saiu em sua defesa pedindo uma mudança na política de drogas brasileira e publicando uma série de postagens nas redes sociais, alegando inclusive que o cultivo doméstico para consumo enfraquece o tráfico.

E você, o que acha?

 

 

Sobre Hulle Brasil

Hulle Brasil é uma startap que potencializa artistas e trabalha com base em três pilares: TERRITÓRIO, ETNIA & GÊNERO. Aqui no Portal Enraizados, nossa equipe gera conteúdo a partir destes pilares.

Além disso, veja

ONG oferece tratamento psicoterapêutico gratuito para jovens em situação de violência doméstica e risco social, em Nova Iguaçu e no Rio de Janeiro

O projeto Oficina da Palavra: Construindo Histórias, tem como objetivo principal promover uma mudança no …

2 comentários

  1. #LiberdadeCert

  2. Legaliza logo essa porra e tudo vai melhora !!!…✌

Deixe um comentário

Paste your AdWords Remarketing code here