terça-feira, 28 maio, 2024
Rappin Hood e palmeirense Alessandro Buzo

Rappin Hood e Negra Li fazem homenagem ao Timão

Em ano de centenário, o Corinthians recebe muitas homenagens, uma delas é a música “Sou Corinthians” composta por Rappin Hood em parceria com a musa Negra Li e BiD. Hood e Negra Li são apenas algumas das personalidades do hip hop que torcem pelo timão, um outro mano que é louco pelo timão é o jornalista Alexandre de Maio.

Esta música faz parte da trilha sonora do filme “Todo Poderoso – o Filme: 100 Anos de Timão”. O filme, que é um longa metragem, traz as cenas de Rappin Hood e Negra Li cantando a música intercalando com lances históricos do Corinthians.

A fotografia acima, que mostra o corinthiano Rappin Hood abraçado com o palmeirense Alessandro Buzo,  foi posta intencionalmente, pois mostra que as diferenças fazem parte da nossa vida e a o que faz realmente a diferença é o respeito.

Sobre Instituto Enraizados

O Instituto Enraizados é uma organização de hip hop, nossa "rede" integra hoje 17 organizações que compartilham conhecimento, capacitação e articulação para militância cultural nas periferias dos grandes centros. Lutamos pelo acesso a produção, a expressão e a valorização das diferentes manifestações culturais, fortalecendo o ativismo cultural e o protagonismo juvenil. O hip hop, o audiovisual, as rádios comunitárias e a produção de mídias são elementos que formam e fortalecem a ajuda mútua dos jovens envolvidos.

Além disso, veja

De Jay-Z a Palmares: As histórias por trás do “Galo de Luta”

Paulo Roberto da Silva Lima, conhecido como "Galo de Luta", compartilha sua jornada desde a infância até se tornar um ativista e artista de rap. Inicialmente apelidado de "Sete Galo" devido à famosa moto CBX 750, sua vida foi marcada por desafios e confrontos com a realidade da periferia. Inspirado por figuras como Mano Brown e Malcolm X, Paulo encontrou no rap e na leitura uma maneira de expressar suas ideias e buscar uma transformação pessoal e social. Apesar das dificuldades, sua busca por identidade e consciência o levou a se tornar o "Galo de Luta", um símbolo de resistência e luta por justiça social.

Deixe um comentário