Spírito Santo

Spírito Santo põe Prêmio Funarte Arte Negra sob suspeita

Hoje, garimpando pela internet – sem querer – encontrei o resultado do edital Prêmio Funarte Arte Negra, e vi que o resultado final foi divulgado no começo de setembro. Estranhamente, eu, que sempre achei que estava bastante antenado sobre esses editais, não tinha visto nada a respeito.

Sendo assim, publiquei no meu perfil do facebook afim de alertar outros amigos que possívelmente – assim como eu – também não estivesse sabendo do resultado. Para meu estranhamento, acho que somente eu não sabia, pois meu camarada Totti Satchingongue comentou no meu post dizendo que o resultado deste edital estava dando o maior caô.

Comecei a pesquisar mais na internet e vi que a minha pontuação havia sido 8.0. Até aí tudo bem, um dia a gente ganha e um dia a gente perde.

Voltei no facebook e vi que o Totti havia deixado uns links – que vou disponibilizar no final deste post. Um deles me levava para o site Afropress.Com, e lá havia um dossiê do músico carioca Antonio José do Espírito Santo, do Grupo Vissungo, mais conhecido por Spírito Santo. Ele levantou vários questionamentos e apontou um monte de gente com ligações suspeitas com o governo, projetos que não tem nada a ver com Arte Negra e o pior, um monte de proponente branco.

O situação mais estranha que Spírito Santo chamou atenção foi para o fato de que apenas os 33 projetos contemplados obtiveram nota 100 e num edital concorrido como este, com mais de 3000 projetos inscritos, seria muito difícil que cerca de 18 avaliadores chegassem a conclusão que justamente esses 33 – MARAVILHOSOS – projetos tivessem nota máxima em todos os critérios. Spírito achou isso tudo no mínimo suspeito e foi “investigar”. Ele foi fundo.

Não sei até que ponto isso pode ser comprovado, mas muita coisa que o mano escreveu eu sei/sinto que é verdade, outras eu não tenho conhecimento, mas de qualquer forma me deu um nojo grande desse processo, porque me debrucei durante semanas, disponibilizei o Espaço Enraizados para a formação de artistas negros da região, mobilizei um monte de gente, resumindo, me senti usado, e envergonhado por ter feito tanta gente acreditar nesta merda de edital.

Vejam vocês mesmos os links abaixo, deixem comentários, e tragam mais infos:

01) Dossiê do Titio;

02) Músico carioca põe sob suspeita o Prêmio Funarte Arte Negra;

 

Sobre Dudu de Morro Agudo

Rapper, escritor e empreendedor social. Um perito em transformar sonhos em realidade.

Além disso, veja

Passistas Dancy, de Minas Gerais, lançam clipe da música ‘Vamos Dançar’

Na semana passada estive em São Paulo para uma formação do Sebrae com o British …

3 comentários

  1. Não sei muita coisa sobre o assunto, mas… Que há algo muito estranho e sinistro por trás disso, isso há!

  2. Leia o primeiro link mano, tu vai ficar de bobeira. O Titio parece o Átomo falando, ele explana geral.

  3. “Estranhamente, eu, que sempre achei que estava bastante antenado sobre esses editais, não tinha visto nada a respeito.”

    Na dúvida sobre estar ou não antenado, acesse todos os dias o site da Funarte e veja se há alguma novidade.

Deixe um comentário

Paste your AdWords Remarketing code here