Colunas

  • Petter MC lança single “Tô no ar, rapá!”

    O “rappórter” (rapper e repórter) Petter MC, lançou seu single, que finca no solo da música a afirmação de seu trabalho jornalístico na TV…

  • Hoje tem Roda Cultural do Méier

    19:00 até 00:20 (Mini Ramp do Méier) esquina da Rua Silva Rabelo com Rua Medina – Méier (Próximo ao terminal de onibus e a estação de trem do Mé…

  • O argumento bélico do Antiéticos

    O argumento bélico, a resposta provocativa contra a estrutura racista de Thiago Ultra e Frávio SantoRua dupla que forma um dos representantes da nossa…

  • A educação está em jogo e ninguém sabe o placar!

    “Vem aqui. Passa, eu não vou te bater.” Quem nasceu nas décadas de setenta, oitenta e noventa, e nunca ouviu isso, ou foi criado por babá ou já falava…

  • 15 mil contra Falabella !!

    Mesmo sem ter estreado, a minissérie "O sexo e as nêga", da Rede Globo, vem preocupando os dirigentes da emissora devido as inúmeras reações na intern…

  • Paixão pelo futebol

    Não adianta argumentos, eles são muitos e verdadeiros. O argumento da minha esposa é que a gente (eu e meu filho) enche o bolso dos jogadores de dinhe…

O enfrentamento ao grande touro

No dia 22 para o dia 23 tive um sonho muito estranho, e que, de certa forma, me deixou preocupada. No sonho, eu e a mãe morávamos em uma cidade pequena, e as pessoas dessa cidadezinha começavam a falar: “Vamos nos esconder, o touro está chegando”, e eu, com medo, disse pra mãe: “Mãe, vamos, o pessoal disse que ele …

Leia mais »

DMA: Os meus dias não são mais como os de antigamente

A uns dias atrás recebi um convite do meu amigo poeta e “maratonista” Alessandro Buzo – são vários corres – para participar de um bate-papo  na livraria Suburbano Convicto, que ele tem no Bixiga, no centro de São Paulo.  A idéia era eu chamar meus amigos e fãs para participarem de um bate-papo bem informal. Aceitei o convite, porque além …

Leia mais »

Um pouco de trabalho não faz mal a ninguém

No início do ano de 2010 pensei em reclamar da quantidade enorme de trabalho que eu tinha pra fazer no Movimento Enraizados: – escrever músicas, coordenar projetos, escrever livro, ler livros, dar palestras, fazer shows, participar de seminários… Mas antes de reclamar lembrei do meu antigo emprego, onde eu trabalhava oito horas por dia e ficava as outras dezesseis horas …

Leia mais »