Escritora Jéssica Balbino

Literatura Marginal é destaque no Festival Literário de Poços

A Escritora Jéssica Balbino participam de palestras durante a programação da Flipoços ao lado de Ferréz e Sérgio Vaz e

Poços de Caldas, MG, 07/04/10- O retrato fiel da realidade periférica. Assim são as obras de Ferréz e da nova geração de escritores brasileiros. Ele foi um dos primeiros a esmurrar a porta do barraco da literatura do país e gritar para o mundo o que acontece do outro lado da ponte do Capão Redondo, zona sul de São Paulo. Com mais de 50 mil exemplares vendidos, o homem que começou a escrever aos sete anos e até hoje não consegue se sustentar com a própria literatura, vem a Poços contar um pouco da carreira, que passou por balcões, arquivos e trabalhos como o de auxiliar-geral.

Ele sobe ao palco do Espaço Cultural da Urca pela programação da V Feira Nacional do Livro e IV Festival Literário de Poços de Caldas (Flipoços) organizada pela GSC Eventos com a questão: Literatura Periférica ou Marginal?, no próximo dia 27 de abril.
Como o próprio currículo diz, Ferréz tem prosa ágil e seca, composta com doses igualmente fortes de revolta, perplexidade e esperança. Ele reivindica voz própria e dignidade para os habitantes das periferias das grandes cidades brasileiras.

Fonte: Blog Cultura Marginal
Leia a matéria na integra: http://jessicabalbino.blogspot.com/2010/04/novidade.html

Sobre Dudu de Morro Agudo

Rapper, escritor e empreendedor social. Um perito em transformar sonhos em realidade.

Além disso, veja

FML: As histórias do hip hop da Baixada Fluminense

Eu me chamo Fagner Medeiros de Lima, e no graffiti eu assino FML, porque na …

Deixe um comentário

Paste your AdWords Remarketing code here