Festival Talentos da Música causa mal estar na comunidade do hip hop

O FESTIVAL TALENTOS DA MÚSICA foi criado com o objetivo de revelar novos talentos da música da Baixada Fluminense, por meio de uma competição, divida em 04 (quatro) categorias:

Categoria 1: Samba/Pagode/MPB/Bossa Nova/Axé/Afoxé/SambaReggae/ Maracatu;
Categoria 2: Pop/Rock/Jazz/Blues/Soul/Reggae;
Categoria 3: Rap/Funk/Charm/Melody;
Categoria 4: Sertanejo/ Forró/ Regional.

O prêmio é de R$10 mil para o vencedor de cada categoria, além de mais R$10 mil para um menção honrosa ao talento da cidade deSão João de Meriti que for melhor colocado na competição.

Mas porque será que os rappers da Baixada Fluminense não estão tão satisfeitos assim com esse festival que aparentemente é “tão bom”?

Tudo começou por causa do item “3.21” do edital, que diz que: “O candidato deverá gravar 2 vídeos de no máximo 10 minutos cada, sendo o vídeo nº 01 – uma música inédita/autoral, em português, que será objeto da participação no concurso”.

O problema é que no item “3.21.1”, diz queo vídeo nº 2 deverá ser de uma música “COVER”, podendo ser nacional ou estrangeira, em português ou qualquer outra língua apresentada pelo próprio candidato. Ambas as músicas, autoral/inéditas e cover, devem estar enquadradas no estilo musical compatível à categoria inscrita no festival”.

 

Quem conhece um pouco de hip hop tá ligado que MC não faz cover.

O primeiro a se manifestar foi o rapper Marcão Baixada, que coincidentemente ou não, é morador da cidade de São João e uma das maiores expressões do gênero na região. Em uma postagem no seu perfil no facebook, Marcão questionou vários pontos do edital, que começa dia 05 de fevereiro e vai até o dia 25, pegando a semana morta do carnaval. Faz também duras críticas às pessoas que elaboraram o edital.

Dezenas de outros artistas curtiram, comentaram e compartilharam seus post, concordando com sua analise. Entre eles estão Aori, Ébano Gama, DMT  e Tony Boss.

O FESTIVAL TALENTOS DA MÚSICA conta com o apoio da FUNARTE – Fundação Nacional de Artes – Ministério da Cultura e Governo Federal.

Leia na íntegra o que Marcão escreveu em ser perfil no Facebook:

“Sobre o Festival Talentos da Música 2015 realizado pela Prefeitura de São João de Meriti com apoio da FUNARTE:
Um prêmio de R$10.000 sempre chama a atenção dos músicos da Baixada Fluminense, ainda mais quando na maior parte do tempo, as instituições governamentais (Prefeituras e Secretarias) não dão a devida atenção a classe (Eu disse na maior parte do tempo, não disse ‘nunca’).

Até aí, beleza, mas aí começo a ler o regulamento e já fico preocupado, pois as inscrições abriram dia 5 e vão até o dia 25 e nesse meio-tempo tá rolando o Carnaval, o que consequentemente ofusca a divulgação das inscrições. Só que aí a fase eliminatória acontece simultaneamente ao período de inscrições.

Como assim? Quer dizer que se eu me inscrever e me rejeitarem logo de cara e algum outro que se inscrever depois com material com qualidade inferior ao meu pode ser selecionado e eu não?

No regulamento parece até que quem o escreveu não tem uma definição correta dos gêneros musicais que serão aceitos. E outra, muitos artistas que têm trabalho autoral NÃO FAZEM/GRAVAM COVERS. Principalmente no RAP. Acho que tá na hora desses festivais e concursos entenderem isso.

Beleza, no meu show eu até canto um som conhecido, mas não tenho isso gravado. Isso quer dizer que tenho que gravar o cover e fazer upload de 2 vídeos, um com música inédita autoral e outro com o cover, o que demanda tempo, dinheiro e disposição de quem faria esse serviço, sendo que com o Carnaval isso se torna inviável, pra quem não tem Home Studio e/ou equipamento próprio de Áudio/Vídeo.

Beleza, beleza. Mas suponhamos que mesmo assim, eu me anime e me inscreva e seja selecionado até a fase final, no dia da apresentação não será oferecido pelo Festival serviços de alimentação e buffet e os candidatos selecionados, desde já, concordam em se deslocar, por sua conta e risco, aos locais de reunião e aos locais de realização do Festival, (Assim está escrito no regulamento), amigos artistas, convenhamos que comida no camarim não é luxo e que saco vazio não pára em pé, nossa classe sabe muito bem que a correria de estúdio/show/trabalho ás vezes não nos permite fazer uma boa refeição e transporte é apenas uma questão de facilitar o acesso e proporcionar segurança aos equipamentos de cada artista.

E pensando bem, R$10.000 é um prêmio e tanto, mas se parar pra ver legal, tu entra no jogo tomando prejú e ainda por cima se tu não for o vencedor do Festival, tu tá é f*dido, mais do que estava antes de pensar em se inscrever. Eu tento ser muito compreensivo com as falhas, faltas de interpretação e entendimento das pessoas/entidades que promovem esses tipos de eventos e festivais, só que por favor, gente, chega de ser sacaneado por gente que não entende nada da música que fazemos, da nossa realidade e dos perrengues que passamos no dia-a-dia.

Se for pra fazer, QUE FAÇA DIREITO. Esse post não é pra ninguém da Prefeitura, da Ex-Secretaria de Cultura (que virou subpasta de outra Secretaria), pra ninguém da FUNARTE, não tem nenhum caráter de ofender e muito menos rixa pessoal com alguém da produção, até porque eu não sei quem tá envolvido com essa parada. Isso é apenas um desabafo do que sinto em relação a fazer música na Baixada e de todas vezes em que eu e vários amigos se f* pra tocar em algum lugar, mas enquanto isso tinha alguém que realmente tava lucrando (e não falo apenas de grana, falo de prestígio/mídia/ficar bem na fita).
Um bom dia”.

Para saber mais sobre o festival acesse aqui: http://www.talentosdamusica.com.br

Sobre Hulle Brasil

Hulle Brasil é uma startap que potencializa artistas e trabalha com base em três pilares: TERRITÓRIO, ETNIA & GÊNERO. Aqui no Portal Enraizados, nossa equipe gera conteúdo a partir destes pilares.

Além disso, veja

O ambientalista Carlos Greenbike, de Queimados, participa do Velo-City 2019 na Irlanda

O ambientalista Carlos Greenbike, diretor da ONG Pedala Queimados, está em Dublin, na Irlanda, participando …

Deixe um comentário

Paste your AdWords Remarketing code here