Eu Li: Traficando Conhecimento

O que se esperar de uma pessoa que atua em prol da Cultura Hip-Hop, que não é BBoy, que não é DJ, nem MC e nem Grafiteiro? R: Muito!
O Gilberto Yoshinaga (Gilponês, do Site Bocada Forte) tem um texto cujo título é: Nem todos serão MC’s. E acompanhando esse raciocínio, chegamos ao Conhecimento, 5° elemento da Cultura Hip-Hop; e que é “traficado” por Jéssica Balbino –jornalsita e escritora urbana- em seu Livro “Traficando Conhecimento” (2010, Aeroplano, Coleção Tramas Urbanas). O Livro possui prefácio de Sérgio Vaz, contracapa de Alessandro Buzo, e curadoria de Heloisa Buarque de Holanda.

A obra, que possui seis capítulos, não é uma biografia, mas boa parte da vida de Jéssica Balbino é relatada devido ao seu envolvimento com a Literatura e com a cultura hip-hop ainda adolescente; E desde muito nova, ela, que vive na periferia de Poços de Caldas-MG, já lia clássicos da Literatura Brasileira e queria se tornar jornalista. Conheceu a cultura Hip-Hop, que afirma ter salvado sua vida.

Em meio à rivalidade de gangues, e o tráfico de drogas, Jéssica “correu pelo certo”, realizou sonhos, se formou em Jornalismo, e descobriu que o Hip-Hop, o Jornalismo e a Literatura, são muito mais fortes unidos, e que salvam vidas não somente da criminalidade, mas também da falta de perspectiva de vida.
Traficando Conhecimento é um livro que merece ser lido da primeira a ultima página com todo o entusiasmo, com todo o tesão pela leitura. Pois diz muita coisa em uma linguagem popular, em que todos poderão conhecer a real cultura Hip-Hop e seus valores, e conhecer um gênero literário que vem crescendo em nosso país, chamado “Literatura Marginal”.

Traficando Conhecimento está à venda na Livraria da Travessa: http://www.travessa.com.br/ e no Espaço Enraizados, sendo que no Espaço Enraizados você encontra por R$25,00.

Saiba mais sobre Jéssica Balbino: http://jessicabalbino.blogspot.com/

Sobre Marcão Baixada

Rapper, compositor e produtor. Take Back the Mic’s Hip Hop World Champion (2015). Curador e host do projeto Hip Hop Conhecimento.

Além disso, veja

Brisa Flow leva show de lançamento do álbum “Selvagem Como o Vento” para Niterói

A cantora, rapper e multi-instrumentista Brisa Flow se apresenta pela primeira vez em Niterói. O …

21 comentários

  1. Jéssica Balbino é muito talentosa e ainda por cima, esforçada e verdadeira

  2. Mano, parabéns pelo texto. Jéssica, parabéns pelo livro. Enraizados de todo mundo, vamos nos ajudar, nós juntos somos mais fortes.

  3. Obrigado Dudu! E é isso aí mesmo, juntos somos muito mais fortes.

  4. Acredito muito na força da união ..
    adorei o texto, vou até procurar o livro me interessei bastante..

  5. Gente, obrigada pelo carinho e pela força de sempre. Eu sou muito feliz por ter o apoio de vcs.
    Além de ter sido MARAVILHOSO lançar meu livro na MOSTRA ENRAIZADOS, foi muito bom ler esta resena feita pelo Marcão.
    Vale lembrar, para quem quiser comprar o livro, que tem no Enraizados e tbm na livraria Suburbano Convicto, do Alessandro Buzo.
    beijão,
    Jéssica Balbino

  6. Obrigado pelos comentários, Caio e Raphael. O Livro está à venda no Espaço Enraizados, e custa R$25,00, não fique sem o seu.

  7. Eu que agradeço Jéssica, pelo comentário, e pela força.

  8. ; mto bom ; me interessei mto; vo procura-lo. =]

  9. “Traficando Conhecimento” é demais… não há palavras para descrever Jéssica! Recomendo!

  10. Quanto menos associarem Hip-Hop à bandidagem melhor, e nada melhor pra isso do que a divulgação do verdadeiro significado da cultura.

    • Com certeza Mano Vamp e é em prol disso que trabalhamos, para que haja essa desassociação, e o fim do preconceito. O livro mostra como isso se aplica na prática. Vale a pena conferir.

  11. ai siim! curti o post marcão, curti o resumo, e vô ler esse livro ae! ..

  12. Já elogiei a critica. Parabéns. Penso que a aeroplano tem feito o que só tava no projeto e saiu no ano de 2010 ótimas publicações com vozes, absorção, complemento, vida e relatos periféricos. Vivemos em um planeta onde se discute política pública e acaba-se dividindo-a em classe média, classe c etc. Mas o mundo ta começando a entender, assim como eu, uma metáfora já dita em outros anos no cinema sobre a ida do mar pro sertão e do sertão pro mar. Felicidades jéssica pelo livro que lerei em breve. E marcos pela bela crítica.

  13. Disse tudo Yasmin. A realidade é que a Periferia agora tem voz, e ela ecoa bem alto, e está com fome. Fome de produzir Cultura. E com isso nós consguimos nos cumunicar, transmitir a cultura popular, a cultura periférica, independente do Centro.

  14. Eu li (e gostei) a Jéssica e o Marcão.

  15. Bom mesmo, parabens a tot@s que lutam por um mundo melhor. É nois

  16. Minha maninha, sempre no caminho certo. obrigado Jessica por tudo, vc merece muito mais nega. nós sempre!

Deixe um comentário

Paste your AdWords Remarketing code here