segunda-feira, 26 fevereiro, 2024

Marcello Comuna

outubro, 2014

  • 18 outubro

    Mais do mesmo

    Acho mais do que legítimo o debate entre eleitores sobre seus candidatos. O que acho chato, infantil e incoerente é acusar o partido A de corrupto como se o partido B também não fosse.

  • 11 outubro

    Eleição não muda nada

    Um ano após o advento de junho de 2013, chegamos às eleições. Para muitos, o dia 05 de outubro seria o dia em que mudaríamos o futuro do Brasil; ou para melhor ou para pior.

setembro, 2014

  • 27 setembro

    Fé, Ideologia e Revolucionários até a página 2

    Quando Ele (o Evangelho) tomou o seu lugar na minha consciência, Che virou a arca da aliança e Marx o véu que foi rasgado ao meio.

  • 14 setembro

    Meias verdades dos dois lados. Eu, Marina e o PT.

    Na guerra das informações, é preciso investigar muito se quiser ter realmente um voto consciente.

  • 9 setembro

    O fetiche dos rótulos

    Quem tem coragem de sair da zona de conforto intelectual? Do conforto das ideias preestabelecidas?

agosto, 2014

  • 17 agosto

    Pela necessidade ou pela vaidade?

    Quarta feira, 20:30 da noite e essa rapaziada responsa até essas horas vendendo uns lances aqui no Japeri lotado. Gente negra, gente branca, gente jovem, gente velha, homens, mulheres e até crianças.

  • 9 agosto

    Os reféns da Babilônia e o plano de fuga

    Use o sistema e não deixe o sistema usar você. Estude, investigue as brechas e seja tudo que fostes vocacionado para ser. Liberte-se!

julho, 2014

  • 26 julho

    Viver a tensão de ser quem é e aquilo que deveria ser (Manifesto da angústia)

    Aquela inquietação angustiante de quem não tem dedos hábeis o suficiente para acompanhar tudo que o cérebro processa.

  • 19 julho

    Sobre o fiasco da Faixa de Gaza e o fracasso da humanidade

    Quando alerto para não confiar nos EUA, na Veja e na direita, não estou dizendo necessariamente para confiar em Cuba, na Carta Capital e na esquerda.

  • 12 julho

    Males que vem para o bem

    Segunda feira o país volta a sua normalidade. Sem título de campeão do mundo em casa e sem grandes legados. A Copa das Copas só foi grande mesmo em sua festa, diversidade cultural e ótimos jogos de futebol.